“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

145º Episódio (10 a 16 de setembro)

Ricardo obriga Álvaro a confessar à policia os crimes que cometeu na MUVV, em troca de não revelar que ele assassinou Vítor.

Mónica fala com Artur sobre a discussão dele com Lucas e o tio diz que o amigo é que tem de lhe pedir desculpa por o ter agredido. Tomás chega naquela altura e confessa que ainda não conseguiu arranjar emprego. Mónica incentiva-o a voltar para Amarante mas ele recusa-se a deixá-la.

Anabela comenta com Fausto o estalo que Mariana lhe deu e o marido desvaloriza o incidente, mais preocupado com os 5 milhões que têm de pagar às manas Dias, pelo contrato que assinaram para dividirem o lucro da escultura. Anabela diz que não acredita que tenham sido as irmãs a roubar a obra de arte e diz ao marido que tem de ir falar com elas na tentativa de chegarem a um acordo.

Mariana e Soraia discutem a forma como a família Vidal lhes vai pagar os cinco milhões da escultura. A loja da MUVV está vazia e só Artur aparece para comprar um par de ténis. Cecília vê-o e vai ter com ele. Artur convida-a para tomar um café mas ela diz que não pode.

Álvaro deixa uma mensagem no voicemail de Ricardo, suplicando-lhe para que não faça nada e para voltar para casa para conversarem. Entretanto, os jornalistas que ele convocou chegam e Álvaro, tenso e nervoso, diz que tem um comunicado para fazer.

Ricardo tenta recompor-se do choque de ter descoberto a confissão do pai por ter assassinado Vítor e lembra as conversas que teve com Maria sobre a morte do pai dela e também o pedido de Íris para que ele não denunciasse Álvaro.

Benny prepara uma pizza quando Tito recebe uma mensagem de Joana. Leonor fica desconfiada e alerta.

Salomé chama os filhos para o jantar. Eva bate à porta e diz que quer falar com ela. Joel sai de casa furioso e Lucinha deseja-lhes uma boa conversa. Eva pede à mãe que a deixe continuar a ir lá a casa, pois não suporta estar afastada da família mas a mãe não cede e nem sequer a deixa ficar para jantar.

Maria está a ver televisão e fica perturbada com uma reportagem sobre emigrantes em França.

Jorge pede a Hugo que o deixe trabalhar em casa dele na investigação que está a fazer à rede. Maria chega entretanto e manda-os ligar a televisão. Todos assistem com curiosidade à entrevista que Álvaro está a dar.

O chefe da rede de doping vitimiza-se e revela que para não prejudicar a família e o negócio da MUVV que construiu com tanto esforço, vai passar a empresa para Ricardo.

Cecília vê a entrevista de Álvaro e fica incrédula ao ouvi-lo dizer que vai passar a MUVV para Ricardo.

Íris ajuda Débora a sabotar as ribombinhas de Trovão. Joel entra na pastelaria e esconde-se a ouvir a conversa. Depois do trabalho feito, as amigas despedem-se mas Íris fica para trás para ir à casa de banho. Quando vai para ir embora, depara-se com Joel que lhe confessa ter ouvido que estiveram a sabotar Trovão e que não vai ficar calado porque senão a mãe também se prejudica. Íris discute com ele e decide ir embora. Só que a porta não abre, deixando-os trancados na pastelaria.

Álvaro está muito nervoso por não ter ainda notícias de Ricardo e discute com Cecília quando ela o confronta com a decisão de passar o controlo da MUVV para o filho.

Íris esforça-se para sair da pastelaria mas a porta não abre e ela, vencida pelo cansaço e chorosa, junta-se a Joel para dormir.

Eva e Jorge comentam a decisão de Álvaro atribuir a liderança da MUVV a Ricardo. Jorge deseja que a rede seja desmantelada para ele e Eva poderem casar.

Ricardo deixa Álvaro encurralado ao dizer-lhe que ou assume o transporte de doping e a lavagem de dinheiro na MUVV, ou ele entrega à polícia a gravação em que o pai confessa ter matado Vítor.

Ricardo sai do quarto do pai a dizer-lhe que tem de decidir imediatamente o que fazer. Ele segue-o e fica desesperado quando vê Filipe na sala.

O inspector pergunta a Álvaro o que tem para lhe dizer e ele fica sem saber o que fazer.

Ricardo pressiona o pai e ele acaba por confessar a Filipe que fez lavagem de dinheiro na MUVV. O inspector diz que vai ter de o acompanhar para interrogatório. Ricardo mostra-se feliz e diz ao pai que mesmo assim ainda tem muita culpa nas costas. Álvaro olha-o cheio de raiva.

Quando Joel e Íris acordam na pastelaria gera-se um clima de paixão entre eles mas nenhum cede aos encantos do outro. Quando Trovão abre a pastelaria, ambos conseguem escapar sem que ele dê conta.

Íris regressa a casa e vê o pai a ser levado pela PJ, temendo que Ricardo tenha contado tudo à polícia. O irmão confessa que não foi capaz. Cecília constata todo aquele aparato, mas não consegue entender o que se passa.

Soraia pergunta a Joel onde é que ele passou a noite e o namorado inventa uma desculpa para evitar confessar que esteve trancado com Íris na pastelaria. Soraia acaba por descobrir um cabelo no casaco dele e fica desconfiada.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close