“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

93º Episódio (16 a 22 de julho)

Chico e Romeu invadem a casa de Salomé à procura de Eva e das ampolas desaparecidas. Ela consegue escondê-las no tacho de feijão que está ao lume mas não consegue evitar que a mãe seja ferida a golpe de faca. Joel desvia a atenção dos bandidos quando corre para chamar a polícia.

Os dois traficantes a quem Eva foi entregar as ampolas acordam-na e ela fica desesperada quando vai à mochila buscar o material e percebe que está vazia. Os traficantes ficam desconfiados dela e Eva tenta justificar-se dizendo que foi atacada.

Álvaro fica furioso quando Eva conta que foi roubada e trata-a com violência. Elias intercede a favor dela e Álvaro manda-a embora, entes que se arrependa.

Jorge confirma que Maria apanhou mesmo o avião para Moscovo e dispõe-se a ir buscá-la com Ricardo. Hugo quer ir também, mas eles convencem-no a ficar.

Maria dispõe-se a fazer o que Marco quer só para ver a filha e ele faz uma chamada para que tragam Alice. Maria abraça e beija-a, mas fica cada vez mais apreensiva com a loucura de Marco que insiste que vão ficar de novo juntos como uma família. Marco descobre o anel de noivado que Ricardo deu a Maria e arranca-lhe o fio que ela tem ao pescoço, atirando tudo pela janela. Depois exibe o anel que lhe tinha dado mas ela rejeita-o. Marco fala da casa que comprou para viverem nos arredores de Moscovo e Maria fica desesperada, dizendo que ele está fora da realidade.

Cecília fica preocupada quando Ricardo lhe liga a dizer que vai viajar para Moscovo. Anabela pergunta-lhe como estão as coisas com Álvaro mas ela mente, diz que não lhe votou a bater e esconde que o marido a ameaçou de morte. Anabela acha que agora que Vítor morreu e que Álvaro está disposto a esquecer tudo, ela pode equacionar ficar com o marido. Sem revelar tudo o que lhe vai na alma, Cecília avança a sua convicção de que Álvaro pode ter matado Vítor e diz que o vai deixar, mas no momento certo.

Salomé e Joel preparam-se para sair de casa e ela pede-lhe boleia para ir buscar feijão à mercearia. Com a casa vazia, Aurora abre a porta com uma gazua e vai para a zona dos quartos para esconder as ampolas que roubou a Eva.

Álvaro está cada vez mais irritado e exige saber quem lhe roubou as ampolas. Aurora aproveita para insinuar que Eva o pode ter traído. Elias tenta defender Eva mas sem sucesso. Álvaro fica sensível aos argumentos de Aurora contra Eva e ordena que descubram as ampolas, dizendo que se estiverem com Eva, já sabem o que têm a fazer. Entretanto, Xavier telefona a Álvaro e ele fica possesso ao saber que Ricardo foi a Moscovo com Jorge, temendo que Marco pelo que Marco lhe possa fazer.

Hugo mostra a casa a Artur e fazem negócio. Artur mostra-se espantado com os tempos que ele fez e Hugo disfarça, assegurando que não se dopa.

Leonor analisa as respostas que obteve no inquérito que fez sobre os relacionamentos e comenta com Tito que Hugo e Joana não têm nada a ver um com o outro mas que já ele sim. O neto não acha graça à conversa e diz que ela está tantã.

Mariana reclama contra Eva porque ela só faz o que quer. Soraia diz à irmã que deixe Eva em paz e fala-lhe do telefonema que recebeu por causa da herança. Mariana acha que não devem assinar nada antes de ver do que se trata.

Anabela marca um encontro com Soraia para tratarem da herança mas fica apreensiva por Mariana também querer ir com a irmã. Joana e Fausto tentam convencer Anabela a irem com ela ao encontro mas ela recusa. Anabela reclama com o marido por não estar preocupado em saber o que Tomás anda a fazer com Mónica e Joana assiste à conversa em tensão.

Mónica está com Tomás na pastelaria e fala de trabalho. Ele não se sente confortável ali e a psicóloga lembra que não podem ir para o bar da praia porque Benny já os viu juntos numa fotografia. Mónica lembra que têm de ser discretos e que o pai dele lhe enviou uma mensagem porque quer falar com ela com alguma urgência. Tomás acha que os pais não sabem que eles namoram, se não a mãe já tinha feito uma cena.

Eva encontra as ampolas que Aurora escondeu no seu quarto, coloca-as na sua mochila e apressa-se a sair de casa, dizendo a Salomé que depois arruma a roupa que ela lhe levou. A mãe fica desconfiada.

Antes de sair de casa e sem saber o que fazer, Eva liga a Jorge e deixa-lhe mensagem a dizer que precisa de falar com ele porque acha que alguém da rede a quer tramar. Nesse momento, Chico e Romeu entram em casa à força e agarram Salomé com violência, ordenando-lhe que chame Eva. Esta percebe o que se está a passar e antes de eles entrarem na cozinha, esconde as ampolas dentro do tacho de feijão que está ao lume. Salomé grita agarrada pelos cabelos e Eva pede que larguem a mãe porque não tem nada a ver com aquilo. Os capangas da rede querem saber das ampolas que ela roubou.

Ricardo vai com Jorge ao bar onde correu risco de vida e sob a ameaça de uma arma obrigam a empregada a ligar a Gabriel.

Romeu revira o quarto de Eva com violência, sem que consiga encontrar as ampolas que procura. Chico fica furioso e ameaça Eva com a pistola mas como ela insiste em dizer que não sabe de nada, vira-se para Salomé e começa a torturá-la com uma faca, cortando-a. Eva grita que diz o que quiserem mas Joel aparece naquele instante e a irmã grita-lhe que vá chamar a polícia. Ele core e os dois bandidos são obrigados a irem atrás dele. Eva alcança a mãe que está no chão e abraça-se a ela.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close