“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

86º Episódio (9 a 15 de julho)

Cecília está no quarto a chorar quando Álvaro irrompe com violência e lhe exige que se recomponha porque tem uma empresa para gerir e um casamento para manter. Ela enfrenta-o e responde que não há casamento algum, mesmo que Vítor tenha morrido. Álvaro aperta-lhe o pescoço, ameaçando matá-la se insistir na ideia do divórcio. Cecília fica em pânico.

Trovão e Vanda contam o dinheiro do dia na pastelaria e ele lembra-lhe que a cozinha ainda está por limpar. Ela protesta e Trovão diz que também têm de apurar qual dos bolos vendeu mais. Mariana regressa do casting, lavada em lágrimas e conta que foi despedida. Trovão tenta consolá-la.

Maria desabafa com Ricardo e diz que passou o pior dia da sua vida. Ele pede-lhe que o deixe fazê-la feliz e Maria revela muito angustiada que acha que o pai dele pode ter assassinado o seu. Ricardo fica em choque.

Álvaro provoca Cecília e pergunta se o funeral de Vítor teve uma cerimónia bonita. Ela acusa-o de o ter matado e bate-lhe com os punhos no peito, chamando-lhe assassino. Ricardo e Íris entram em casa naquele momento e querem saber o que se passa. Cecília exige que Álvaro conte aos filhos como é que Vítor morreu e Ricardo confronta o pai com o facto de ter aparecido em casa de Vítor o seu alfinete de gravata. Álvaro não se perturba e reconhece que tinha ido falar com ele dias antes da morte e que só não diz porquê por respeito à mãe. Cecília explode e confessa que era amante de Vítor porque sempre o amou. Íris fica em choque.

Maria deita Alice e Hugo diz que já trancou as janelas para impedir Marco de entrar lá em casa. Maria teme que ele lhe roube Alice para se vingar mas Hugo assegura que vai ficar a protegê-las, ao mesmo tempo que promete vingar-se de Marco se souber que ele matou Vítor. Maria diz ao irmão que tem outro suspeito e que lhe vai contar quem é.

Íris descontrola-se e censura duramente a mãe por ter traído o pai. Álvaro vitimiza-se e faz o papel de homem traído. Íris chama ordinária à mãe e Ricardo repreende a irmã. Cecília chora, assume a culpa de tudo, que o casamento já tinha acabado há muito e que amava Vítor. Devastada, sobe para o quarto enquanto Íris se atira a Ricardo a perguntar se ele vai defender a mãe. Ricardo fica sem saber o que fazer, ao ver a irmã abraçar-se ao pai a chorar.

Salomé sonda Eva sobre o que se passa com Paulo e a filha estranha tantas perguntas. Apesar disso, justifica que é amiga de Paulo até porque Jorge anda com Maria. Salomé finge aceitar aquela explicação.

Aurora confessa a Lucas que ficou muito desagradada pela forma como Salomé falou de David mas o marido faz-lhe ver que se fosse ao contrário faria o mesmo. Lucas conta a Aurora que não aceitou o emprego em Chaves porque não quer ficar longe dela e do filho. Aurora emocionada, abraça o marido.

Trovão convida Salomé para voltar a trabalhar na pastelaria mas ela diz que já foi contratada pela MUVV. Entretanto, desabafa com Leonor sobre as desconfianças que tem sobre a relação de Eva com Paulo e diz que já que a filha não fala, vai falar com ele.

Salomé confronta Paulo com o seu relacionamento com Eva e pergunta-lhe porque é que ele a quer se ela gosta de Jorge. Paulo fica surpreendido e pensativo com o que acabou de ouvir.

Aurora diz a Eva que a quer a coordenar a produção do laboratório clandestino, porque Álvaro está a finalizar um negócio muito importante. Perante a hesitação dela, ameaça-a. Eva recebe uma chamada de Paulo a pedir-lhe que vá ter com ele e Aurora diz-lhe que vá.

Ricardo bombardeia Jorge com perguntas sobre Marco mas ele assume que não sabe dele e recomenda-lhe que tenha muito cuidado. Ricardo revela que confrontou o pai com a morte de Vítor e que acredita nele.

Aurora insiste com Álvaro que ele é que devia ir com ele fazer o negócio mas ele diz que está sem paciência e que Eva já provou que tem estofo. Aurora sonda-o para saber o que o está a perturbar e ele confessa que o ambiente em casa está caótico por causa de Cecília. Entretanto, Carla informa que o vitrinista já chegou para a reunião mas que Cecília não está. Álvaro fica ainda mais zangado e manda-a remarcar nova reunião com o homem. Aurora aconselha Álvaro a resolver os problemas com a mulher porque eles são maus para o negócio.

Cecília vai à campa de Vítor, ajoelha-se e chora.

Paulo faz um teste a Eva e conta-lhe que já remarcou a viagem e não lhe dá qualquer possibilidade de se esquivar. Depois, dá-lhe a entender que está a trabalhar numa operação anti-doping e à espera que lhe enviem uma mensagem a dizer onde vai acontecer o encontro. Ela fica muito curiosa e Paulo deixa o telemóvel propositadamente em cima da mesa e diz que vai à casa de banho. No entanto, esconde-se e com outro telefone envia a mensagem para o que deixou ao pé de Eva. Ela agarra no telefone e lê a mensagem. Paulo vê tudo e fica irritado. Depois vai despedir-se de Eva a pretexto de que tem de ir para a agência.

Eva liga de imediato a Aurora a dizer que tem uma informação que pode ser importante.

Lucinha acaba de falar com David ao telefone e Salomé pergunta-lhe se namora com ele. A filha confirma e garante que lhe ia contar. Entretanto, fala de David, dizendo que para a vida dele e da família voltar ao normal só falta o pai arranjar trabalho. Salomé responde que talvez lhe consiga arranjar emprego.

Eva dá indicações a Chico sobre o rapaz que vai estar no Ciclovia e chama a atenção de que só tem de conseguir as informações que ele possa dar e que não é preciso magoar ninguém. Chico diz que ela não manda nada.

Chico vai ter com o falso atleta ao Ciclovia e nem lhe dá tempo para reagir, exibindo a arma que tem ao mesmo tempo que lhe exige que lhe passe todas as informações que tem. O rapaz fica muito nervoso.

Álvaro fica furioso quando tenta falar com Cecília e ela tem o telemóvel desligado. Ao consultar o saldo bancário vê que ela gastou dinheiro em flores e liga a Soraia para saber se a mulher está em casa e sai disparado do gabinete.

Soraia assusta-se quando Álvaro entra de rompante em casa e a proíbe de subir aos quartos.

Cecília está no quarto a chorar quando Álvaro irrompe com violência e lhe exige que se recomponha porque tem uma empresa para gerir e um casamento para manter. Ela enfrenta-o e responde que não há casamento algum, mesmo que Vítor tenha morrido. Álvaro aperta-lhe o pescoço, ameaçando matá-la se insistir na ideia do divórcio. Cecília fica em pânico.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close