“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

104º Episódio (23 a 29 de julho)

Salomé aproveita quando Eva vai tomar banho para revistar as suas coisas. Fica em estado de choque ao descobrir as fotos em que ela aparece ao lado do cadáver do inspector João. Eva entra no quarto e pergunta à mãe o que está a fazer, gerando-se um clima de grande tensão.

Joel humilha-se e pede desculpa a Íris pelo que Soraia lhe fez, propondo-lhe tréguas. Íris não aceita e diz que enquanto ele não contar à mãe que desistiu da faculdade continuará a fazer o que ela quer, incluindo filmá-la a passar os cães da vizinhança e a divulgar tudo aos seus fâs. Joel desiste e diz-lhe que se quiser contar tudo a Salomé, que conte. Íris fica surpreendida com a determinação dele.

Joana filma Hugo, Débora e Tito, enquanto este vai fazendo perguntas para o vídeo. Débora tem de interromper para atender uma chamada e Hugo aproveita para ir atrás dela. Tito pede desculpa a Joana pelo beijo que lhe deu. Ela desvaloriza mas sente uma vontade imensa de repetir.

Débora atende Íris e promete ir ajudá-la a passear os cães dos vizinhos. Quando desliga, Hugo confronta-a com o que sentem um pelo outro, aborrecido por ela estar a evitá-lo. Débora diz que não tem a cara de pau dele para fingir perante Tito e Joana que os traíram. Hugo reafirma o seu amor por Débora e Leonor, que vai buscar um livro, apercebe-se de que existe algo entre eles.

De regresso à sala, Hugo mente a Joana e Tito, dizendo que não encontrou os copos para beber água e Leonor sai-se com uma indirecta que ninguém percebe.

Anabela e Fausto conversam enquanto degustam um cálice de Porto.

Bia discute com Caio, culpando o pai por o rapaz com quem ela combinou encontrar-se não ter aparecido. Ele riposta que a julgava mais inteligente. O barulho alerta Vera que vai ver o que se passa e acaba por desmaiar. Caio e Bia abeiram-se dela, muito preocupados.

Teresa mostra a Jorge a foto de Kaiser a sair do aparthotel de Marco e ele diz que têm de o apanhar, porque certamente está a ajudar o irmão.

Elias, seguido por Vera, entra com Kaiser no laboratório clandestino e entrega-o a Álvaro. Eva diz que o seguiram desde a saída do aparthotel de Marco e que depois o apanharam. Álvaro enfurece-se e manda Eva buscar correntes para prender o capanga de Marco para que ele solte a língua e diga onde ele está. Kaiser fica em pânico e Álvaro ameaça-o.

Aurora pede a David que leve o lixo à rua e tenta conversar com Lucas. Ele acusa-a de lhe ter mentido e de o ter traído. Aurora fica muito magoada mas recebe uma chamada de Álvaro e diz que vai ter de sair por causa do trabalho. Lucas não acredita e David regressa a casa, apercebendo-se da tensão entre os pais, que nem sequer ligam quando ele conta que encontrou Caio e que Vera se sentiu mal.

Caio e Bia estão preocupados com Vera mas ela diz que teve apenas uma quebra de tensão. Caio arrepende-se de não ter estado muito presente nos últimos tempos e diz que vai ajudar mais. Vera desabafa deprimida que já não é a mesma mulher.

Ricardo está muito nervoso e prepara-se para sair de casa e ir procurar Maria quando ela chega com Alice. Ricardo conta-lhe da suspeita da morte de Ricardo mas ela não acredita, uma vez que o corpo não apareceu. No entanto, a tensão aumenta com o receio de que Marco tenha ido atrás deles.

Eva está assustada a ver Kaiser ser torturado e vai falar com ele mas é afastada por Aurora. O massacre continua, com Elias a bater no capanga de Marco com um bastão. Álvaro, Aurora e Elias não acreditam que Kaiser não saiba de Marco e Eva fica aflita quando o chefe diz que ainda há outras formas de o fazer falar a verdade.

Quando Eva regressa a casa, Salomé recebe-a muito aflita. Ela diz que dormiu em casa de Jorge mas a mãe sabe que ela está a mentir. Eva pede-lhe que não fale sobre a rede ali em casa porque os irmãos podem ouvir.

Eva telefona a Jorge e pede-lhe que, se a mãe ligar a perguntar se ela dormiu em sua casa, confirme a sua versão. Ele pede explicações e Eva promete contra-lhe tudo.

Teresa vai a casa de Jorge e conta-lhe que um corpo deu à costa e que pode bem ser o de Marco.

Salomé aproveita quando Eva vai tomar banho para revistar as suas coisas. Fica em estado de choque ao descobrir as fotos em que ela aparece ao lado do cadáver do inspector João. Eva entra no quarto e pergunta à mãe o que está a fazer, gerando-se um clima de grande tensão.

Teresa esclarece Jorge de que o corpo que foi encontrado corresponde ao homem que lhe mostrou no retrato robot e ele conclui que se trata de Kaiser. A inspectora reafirma a tese de que a morte de Marco é cada vez mais provável e Jorge fica preocupado.

Eva reclama com Salomé por ter mexido nas suas coisas mas a mãe grita que quer explicações. Joel é alertado pelo barulho da discussão e vai perguntar o que se passa mas a mãe manda-o embora. Eva conta à mãe que esteve presente quando o inspector foi assassinado e que por isso a rede a tem na mão. Salomé chora e Eva abraça-a, garantindo que vai resolver tudo.

Eva despede-se da mãe e sai de casa para ir para a MUVV. Joel interroga a mãe sobre o que se passou entre ela e a irmã mas Salomé recusa-se a dar-lhe satisfações deixando-o amuado e a desejar que ela não volte a ter mais desilusões por causa de Eva.

Aurora pede desculpas a Lucas e que ele lhe dê uma oportunidade. O marido reconhece que a ama mas diz que não consegue perdoá-la por o ter traído.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close