Virgilio Castelo muda de opinião e ataca ficção nacional da SIC

Virgílio Castelo admite agora que “Dancin’ Days” não é uma novela portuguesa

Virgílio Castelo é um dos pais da atual ficção da SIC e é da sua co-autoria a junção entre a estação de Carnaxide e a Globo para co-produções.

O ex-responsável pela ficção da SIC, que deixou o cargo pouco tempo depois de Gabriela Sobral entrar na estrutura e assumir um cargo semelhante foi responsável por “Podia Acabar o Mundo”, “Perfeito Coração”, “Lua Vermelha” e “Laços de Sangue”, a vencedora de um Emmy internacional na categoria de melhor telenovela.

Para além de gerir toda a máquina de ficção da SIC, o também ator deu vida ao vilão Eduardo de “Podia Acabar o Mundo”, ao Jaguar de “Lua Vermelha”  e a Henrique de “Laços de Sangue”.

Na altura da apresentação de “Laços de Sangue” à imprensa Virgílio Castelo assumiu que a Globo havia «preenchido algumas lacunas que existem na maneira de fazer ficção na SIC». O responsável à altura dizia ainda que o caminho era «juntar-se à melhor produtora de novelas do mundo e, se possível, apostar num remake no futuro». O então consultor de ficção da SIC disse ainda, no mesmo evento que o facto de “Laços de Sangue” ter co-produção Globo, isso não efetava em nada a sua portugalidade. «É uma telenovela 100% portuguesa, mais portuguesa do que as anteriores», referiu na altura.

Já esta semana, Virgílio Castelo parece ter mudado de opinião. Quanto solicitado a comentar a ficção nacional da SIC à revista Correio da Manhã TV o agora ator da TVI respondeu: «Qual ficção? A brasileira? O que a SIC fez de português foi “Rosa Fogo” e “Perfeito Coração”. “Dancin’ Days” é de um autor brasileiro… são coisas completamente diferentes, e não é por ser feito em Portugal que passa a ser nacional. É também portuguesa, mas tem o cunho brasileiro. O trabalho da Globo é importantíssimo, aprende-se imenso com eles. Mas a Globo não está a fazer em Portugal novelas portuguesas».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close