Vítor Silva Costa fala das alterações em “Jardins Proibidos”


Imagem: TVI

Catorze anos depois, a TVI decidiu apostar numa sequela da novela de sucesso “Jardins Proibidos”. Vítor Silva Costa foi um dos novos atores que integrou o elenco, juntando-se a alguns nomes que transitaram da trama de 2000, como Vera Kolodzig, Teresa Tavares e Pedro Granger.

Em entrevista à revista Sexta, o ator garante que não sentiu dificuldades com as alterações na novela: «Num projeto de um ano é natural que isso aconteça. Mais do que uma dificuldade é uma forma de dar uma nova dinâmica à produção, à estória, às equipas, ao canal…», afirma.

À mesma publicação, o ex-concorrente do “Dança com as Estrelas 3” desmente que as alterações se deveram às baixas audiências dos primeiros episódios: «Não me parece que tenha sido um problema de audiências, foi mais uma questão de dramaturgia. Ou seja, percebe-se que as estórias podem ir para outro lado, com outras pessoas, e isto deu outra dinâmica a Jardins Proibidos», conclui.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close