Vítor Silva Costa quer fazer mais uma novela após “Jardins Proibidos”

Vítor Silva Costa teve o seu primeiro grande papel em “Jardins Proibidos”, a atual novela da faixa das 22h30 da TVI.

O ator de 23 anos já encerrou os trabalhos na novela da quatro e o espanhol Alfonso já está definitivamente arrumado. O ator quer agora retomar os estudos no Conservatório Nacional e continuar a trabalhar. «Gostava de fazer outra novela. Ia ser um pouco cansativo conciliar o curso com as gravações, mas tudo se faz», dispara.

Para o galã, “Jardins Proibidos” não podia ter um «balanço mais positivo». À Telenovelas o ator faz a radiografia da experiência na novela.

A cena mais difícil foi no início das gravações: «Talvez tenha de dizer que foi mesmo a primeira, precisamente por essa razão. Tinha pouca experiência e estava muito nervoso. Passava-se no Miradouro de S.Pedro de Alcântara, era muito romântica e contracenava com a Filipa Maia».

Para o ator, a cena mais dramática relacionou-se com uma perda: «Provavelmente, a da morte do meu pai da novela. A ação passou-se ainda muito cedo na trama, e não estava à vontade. Tive de chorar… foi mesmo das mais emotivas».

O colega que mais surpreendeu Vítor Silva Costa foi o Nuno da trama: «O Renato Godinho, porque não o conhecia e pude trabalhar muito de perto com ele. É bastante generoso, divertido, supertalentoso e ensinou-me muitíssimo. Mas o elenco era todo muito forte».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close