"

A impostora de “Paixão”: Ana Rita confessa que não é Sofia!

Paixão

Logotipo da novela “Paixão”

Joana Ribeiro chegou a “Paixão” para movimentar um dos núcleos da trama da SIC e viu o seu papel ser mudado.

Na sinopse original a atriz ia interpretar Ana Rita, uma jovem que no passado foi raptada. Na realidade ela seria Sofia, a filha desaparecida de Isabel (Maria João Abreu) e João (António Capelo).

As recentes mexidas na trama de Carnaxide requalificaram a personagem de Joana Ribeiro. A jovem ganhou agora traços de vilã, numa história que está agora a começar.

A verdade é que Ana Rita está morta e o pai sabe de toda a verdade, mas nunca contou nada a ninguém. A chegada desta impostora pode pôr em causa um segredo com 20 anos.

Vem aí em “Paixão”:

João acha que Isabel tem de colocar a hipótese de Ana Rita não ser Sofia e ser apenas uma imposta. Isabel discorda, ela sabe que é a filha dela que voltou, e está feliz, e João devia estar feliz também, estão a ter uma segunda oportunidade e deviam aproveitá-la.

Teresa volta a insistir no teste de ADN, Ana Rita chega, entretanto, e diz que ela também faz questão de fazer o teste. Para Isabel é desnecessário, ela sente que Ana Rita é a filha dela, mas Ana Rita não quer que restem dúvidas nenhumas.

Quando fica a sós com o pai Teresa acaba por revelar que gostava que o teste de ADN desse positivo e que Ana Rita fosse mesmo a irmã dela.

João procura Ana Rita, não acredita que ela seja Sofia, é impossível que Ana Rita seja a filha deles. E só não a expulsou dali porque há 20 anos que não via a mulher tão bem não sabe qual é o plano dela para forjar o teste de ADN, mas ele está disposto a dar-lhe o ADN de Bé para Ana Rita usar como dela.

Apresenta-lhe uma zaragatoa usada por Bé e à última da hora, Ana Rita agarra na zaragatoa com o ADN de Bé, impedindo João de a deitar fora.

Ana Rita conta a João que não está interessada no dinheiro da família. O Afonso contou-lhe a história de Sofia e ela viu uma oportunidade de ter uma família, uma vez que não tem mais ninguém.

Foi por isso que leu tudo sobre eles, leu o livro que Isabel escreveu e fez a tatuagem. João está disposto a fazer este acordo com ela porque a vida da sua família parou no dia em que Sofia desapareceu.

João permite que Ana Rita mantenha esta farsa desde que nunca desiluda a mulher dele nem ninguém da família. Ana Rita aceita usar a zaragatoa com o ADN de Bé e fingir para sempre que é Sofia.