“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 166 (27 de maio a 2 de junho)

Simão e Lopes conversam a um canto e Simão insiste que foi o encapuzado que matou o padre por ele saber algo que podia levar à sua verdadeira identidade e Lopes ouve com pouca paciência as “teorias ” de Simão.

Lopes interroga Julie sobre a ligação do padre ao assassino e Julie mostra-se desentendida. Simão pergunta a Julie porque mentiu a Lopes e ela assente que tem de preservar a informação que os pode levar ao assassino.

Marta aborda Valdemar e Humberto e eles, mudam o tom da conversa e mostram-se pesarosos com o desaparecimento de Lara. Simão desabafa com Cecília e pede-lhe que esteja atenta às movimentações de Jaime, pois pode ser útil para chegarem ao assassino.

Marta aborda Simão sobre a morte de Lara e ele afasta-se e liga a Lara dizendo-lhe que acha que Marta está desconfiada. Marta entra em casa irritada e Julie pergunta-lhe quando vai conhecer o chefe e Marta diz-lhe que será no dia seguinte.

Joana acusa Vera de estar por trás do plano da falsa acusação de assédio e mostra-lhe um papel com número de Rafa, que encontrou no quarto dela.

Vera assente que não agiu sozinha, e afirma que Filipe a ajudou. Simão conta a Tiago o padre lhe disse antes de morrer e especula se não será Vera a assassina.

Julie e Simão falam sobre o plano e Julie assente que Marta acredita que Lara desapareceu mesmo. Marta conversa com Inês, enquanto faz uma vistoria de forma subtil à casa de Simão e acaba por ir embora.

Lara surge e agradece a Inês por ter mantido a mentira. Julie recebe mensagem de Marta que o chefe vai a caminho da casa delas para a conhecer pessoalmente.

Julie apressa-se, mas é abordada por Isaura, que lhe agradece o que ela está a fazer pela filha. Julie entra em casa e a Pessoa surge, e esta pede-lhe que confie nela e lhe revele a sua identidade.

A Pessoa tira o capuz e Julie vê que é Marta. Jaime dá os pêsames a Isaura e esta anui que a filha é forte, que está desaparecida, mas que vai aparecer.

Marta revela que ela é a assassina que lhe vai tirar a vida. Julie acaba por abrir o jogo e dizer que fez tudo aquilo para ajudar Lara e Marta espeta-lhe uma seringa.

Filipe implora por perdão a Joana, e ela exige que ele saia de sua casa. Em relação a Vera, Joana diz que ela merece um ajuste de contas.