“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 34 (31 de dezembro a 6 de janeiro)

Jaime está esgotado e Cecília intervém, pedindo a Tiago que se vá embora para Jaime poder descansar. Enquanto Cecília leva Tiago à porta, Jaime fica sozinho e sorri maquinador.

Lara acaba por admitir a Diana que foi vítima de assédio por parte de Jaime e Diana afirma que por esse motivo Lara teria razões para querer matar Jaime e Lara nega as acusações.

Jaime está a repousar quando Simão entra. Jaime sorri, relembra que no passado Simão era o seu herói, não sabe como chegaram a este extremo. Simão endurece e afirma que o papel de vítima lhe fica mal e sai.

Tiago e Diana falam da investigação e Diana conta-lhe a revelação de Lara sobre ter sido vítima de assédio. Tiago diz que Jaime ainda está muito confuso, mas há qualquer coisa que está por contar.

Tiago interroga Mayra sobre o que Jaime fez no dia do atentado e lembra-se de uma coisa comprometedora, mas não quer contar.  Lara conta a Simão que a PJ descobriu que ela esteve no hotel no dia do atentado.

Simão diz que a única saída é ela contar o verdadeiro motivo que a levou lá e Lara afirma que não pode fazer isso, porque põe em risco a recuperação da guarda de Inês. Lara diz que lhe pareceu ver o carro de Simão no parque de estacionamento e Simão pede-lhe que não levante falsos testemunhos e sai. Simão entra em casa completamente descontrolado e começa a socar o saco de boxe.

Apercebe-se que Tiago está ali e Tiago pergunta se reparou nalguma coisa estranha em Lara e Simão sente-se entre a espada e a parede. Mayra conversa com Augusto sobre a proposta indecente que Augusto fez a Simão.  Simão diz a Tiago que não sentiu nada de estranho em Lara.

Tiago revela-lhe que Lara esteve no hotel na noite do atentado e que se ele quiser saber os motivos que a levaram lá, é melhor perguntar a Lara diretamente, pois há muita coisa sobre ela que ele desconhece.

Cláudia está a trabalhar com pouca paciência e recorda o momento em que a Vera. Cláudia caminha decidida para a PJ, vê Vera a aproximar-se de Tiago e a cumprimentá-lo com beijinho e a saírem de carro.

Cláudia apanha um táxi e segue atrás deles.  Tiago estaciona e dirigem-se para o interior do hotel com Vera. Cláudia chega e fica para morrer, enquanto olha para o hotel.  Valdemar está preocupado com as ameaças de Augusto.

Lara comenta com Dalila que lhe pareceu ver o carro de Simão no parque de estacionamento do hotel, onde aconteceu o atentado a Jaime.

Simão diz ao pai que a chantagem que ele lhe fez o deixa entre a espada e a parede e que ele conhece o suficiente de Lara para saber que não foi ela quem tentou matar Jaime. Augusto afirma que já percebeu o lado que ele escolheu e vai-se embora.

Lara comenta com Dalila que Jaime sai hoje do hospital e admite que se calhar se enganou e não viu o carro de Simão no hotel. Simão procura emprego nos jornais e vê a notícia da alta de Jaime.

Tiago acabou de revelar a Jaime, que Lara admitiu que foi assediada por ele e Jaime reage com indignação, afirmando que Lara foi inconveniente e que ele a teve que a pôr no lugar, uma vez que se aproximou dele para conseguir uma cunha para trabalhar no escritório de Ricardo.

Augusto recebe Jaime no escritório e diz-lhe que em breve Lara vai ser apanhada e Jaime afirma que Lara não tem nada a ver com o que lhe aconteceu.

Isaura tenta apoiar Lara, afirmando que sabe que ela é inocente. Lara atende o telefone e aceita encontrar-se com Jaime. Cláudia e Joana conversam e Joana repara que a amiga está triste.

Cláudia partilha com Joana as desconfianças sobre Tiago ter um caso com Vera e Joana não quer acreditar e aconselha-a a esclarecer as coisas com Tiago.

Max está perante o Juiz e aguarda a decisão sobre a sua liberdade condicional. Ricardo e Jaime conversam sobre o que se passou e Jaime comenta que sabe que não foi Lara que o tentou matar, mas vai usar essa suspeita a seu favor. Lara e Dalila conversam e Dalila não acha boa ideia Lara ir encontrar-se com Jaime.  Jaime e Lara encontram-se e Jaime diz que pode interceder por ela, mas para isso ela tem que corresponder.

Lara tenta resistir e Jaime rouba-lhe um beijo. Simão assiste a tudo.  Simão está fulo com tudo o que viu e desabafa com Domingos.

Domingos diz que ficou sem reação quando lhe contou que Jaime e Lara tinham um passado e umas horas depois Jaime foi dado como morto.

Lara chega a casa completamente perturbada e grita cheia de raiva. Cláudia ganha coragem para falar com Tiago. A campainha toca, é Jaime que diz a Tiago que se lembrou de ver alguém na piscina, naquela noite.