“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 145 (29 de abril a 5 de maio)

Tiago revela a Elvira que foi Max que a denunciou e prepara-se para disparar. Vera chega e diz a Tiago que a acompanhe à PJ para explicar porque disparou sobre a sua própria perna.

Na PJ Tiago justifica que o assaltante conseguiu roubar-lhe a arma e disparou sobre ele e Vera afirma que ele devia tratar do seu problema com o álcool.

Simão incentiva Tiago a entregar Max e ele vinca que trata das coisas sozinho. Elvira confronta Max por ele ter desafiado Tiago a matá-la e ele acusa-a de não o proteger como um filho.

Simão confronta Max para que ele lhe conte quem atropelou Maria e ele revela que contou tudo a Tiago, deixando Simão, sem saber o que pensar.

Maria chega a casa a chorar e Cláudia diz ao marido que a filha não quer voltar a dançar pois ficou com muitas limitações depois do acidente.

Tiago está notoriamente alcoolizado e Cláudia pergunta-lhe se sabe o que vai acontecer a Flor depois de se ter descoberto que Hermínia é uma criminosa.

Valdemar comenta o assalto aos armazéns e acaba por falar em Jaime. João Maria conta que a mãe saiu de casa e que espera que ela refaça a sua vida e Rúben vinca furioso que não admitiria que o pai arranjasse uma namorada.

Humberto revela a Lara e Simão que está a ter um caso com Cecília e eles incentivam-no a avançar com a relação e Humberto pede ajuda à sobrinha para que ela fale com Rúben.

Max chega a casa e tranca-se no quarto e revê as imagens do assalto no seu portátil, faz pausa numa imagem de Elvira, antes de ela colocar a bala clava e envia a foto do monitor.

Cláudia acaba de jantar com Maria nos armazéns, Renata aproxima-se com a conta e conta que Flor vai ser mais uma vez devolvida à instituição.

Renata está com Cláudia, quando Flor se aproximam e mostra a conversa entre ela e Maria, que gravou no seu telemóvel, deixando Cláudia em choque. Maria tenta esconder-se no balcão da informática e Max aconselha-a a falar com a mãe.

Tiago comenta com Simão a mensagem que recebeu de Jaime e este alerta-o que o encontro ser uma armadilha. Tiago entra no carro e veste o capuz da Pessoa, ficando com a cara coberta.

Jaime avisa Vera que os cúmplices do assalto vão encontrar-se e mostra-lhe a localização. Elvira, vestida de Pessoa encontra-se com alguém que está igualmente tapado e apontam as armas um ao outro.

Elvira dispara e a pessoa que cai no chão com um tiro certeiro. Elvira também foi atingida e tira o capuz ao seu adversário e percebe que é Max.