“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 132 (15 a 21 de abril)

Mónica acusa Jaime de a ter violado e ele afirma que se ambos fizerem uma denúncia têm muito a perder. Vera chega e Jaime relativiza, dizendo que está ali para apoiar Mónica.

Jaime pede a Elvira ajuda para apagar um vídeo que está no telemóvel da Mónica e ela pergunta o que pode ganhar em troca, se o ajudar.

Mónica chega a casa e procura a arma numa gaveta, confirmando que está carregada. Tiago e Maria jantam quando Cláudia chega e conta que a Flor voltou para a instituição.

Tiago exige a Maria que vá para o seu quarto e pergunta a Cláudia como conseguiu devolver uma criança.

Flor está devastada e garante à Irmã Miranda que que não fez nada de mal. Tiago reprova o que Cláudia fez e atira-lhe com um poster que Flor preparou para lhes oferecer.

Maria liga a Flor e diz-lhe que ela vai encontrar uma família que a queira adotar, e que os seus pais nunca vão descobrir a verdade.

Simão comenta com Tiago que acha que Mónica é inocente e que quem enviou a foto pode ser o assassino. Simão manda mensagem para esse número, e recebe de imediato uma resposta, que deixa Simão e Tiago nervosos.

Mónica aponta uma arma à cabeça de Jaime e questiona-o porque a violou e Jaime, num gesto rápido, também que aponta uma arma.

Mónica prepara-se para disparar, quando Joana entra e tenta impedir que uma desgraça aconteça, e Mónica acaba por baixar a arma.

Joana pergunta porque é que Mónica não denunciou Jaime e ele diz-lhe que quis evitar a vergonha pública.

Jaime, Cecília, Isaura, Matilde e Gonçalo jantam, Joana chega e pede para falar com Jaime em privado.