“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 128 (8 a 14 de abril)

Mónica entra em casa tensa como que com medo de alguma coisa e atende chamada de Mayra.

Flor suspira agastada com Maria, que continua a demonstrar comportamentos ciumentos com tudo que ela faz e diz e ambas prometem a Cláudia portarem-se bem enquanto ela vai à rua.

Maria avisa Flor que os pais vão acabar por fartar-se dela e corta-se num braço, dizendo a Cláudia que foi Flor quem lhe fez aquilo.

Bruno atende chamada de Hermínia, com todos a ficarem apreensivos por ela ir ficar lá em casa uns tempos.

Tiago recebe chamada de Cláudia, saindo com um ar aflito. Renata segue para os provadores para experimentar umas roupas e depara-se com Flor a chorar escondida num provador. Maria queixa-se a Tiago e Cláudia que Flor a atacou com a faca, avisando-os que o melhor é mesmo ela sair lá de casa.

Jorge avisa Max que Hermínia vai querer falar com ele e Elvira, recordando-o que a dívida deles para com elam ainda está longe de ser saldada.

Estacam gelados por receberem mensagem do assassino a dizer já só faltarem eles dois morrerem.

Mónica olha tensa para Vera a sondar onde ela ia ontem à noite depois de ter sido vista a sair de casa com malas de viagem.

Mayra é pressionada por Vera para lhe contar o que sabe sobre a relação de Mónica com Ricardo e a secretária acaba por admitir que Mónica se aproximou dele para vingar a irmã.

Lara e Julie olham espantadas para Cláudia a dizer-lhes abalada para pensarem bem na ideia de terem filhos, contando-lhes que uma das suas filhas atacou a outra com uma faca e fugiu de casa.

Bruno e Domingos ficam intrigados por Renata, levando consigo comida, dizer que se vai já deitar. Renata entrega comida a Flor e fica na dúvida por Flor assentir que Maria se cortou a si própria, para que Tiago e Cláudia a expulsem de casa.

Domingos e Bruno ficam satisfeitos por Elvira e Max estarem a preparar-se para sair de casa, mas estes ficam sem resposta quando se deparam com Hermínia à porta a questioná-los se vão a algum lado.

Elvira olha tensa para Hermínia a avisá-la que só sai daquela casa quando lhe pagar tudo o que lhe deve, não tendo problemas em acabar com Max se for preciso. Jaime entra em casa e Cecília diz-lhe que Vera e Lopes estão no quarto deles, e questiona-o indignada se sabia que Mónica tinha sido violada no quarto deles.

Vera e Lopes dizem a Jaime, Cecília e Isaura que já apuraram que a violação e Mónica foi premeditada por ela ter sido drogada antes do crime.

Cecília fica em choque por Vera revelar que Jaime também tinha companhia feminina nessa noite.