“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 97 (18 a 24 de março)

Simão abre o jogo com Humberto e dize-lhe que sabe que Valdemar está metido nalgum problema e querer ajudá-lo e fica incrédulo pelo mecânico o acusar de ter denunciado Valdemar à polícia.

Julie admite a Lara ser plausível que Simão tenha dito à polícia que viu Valdemar nos armazéns para se inocentar da morte do pai. Simão bate à porta, pedindo a Lara uma oportunidade para se explicar.

Lara acusa Simão de ter denunciado o avô à polícia, mas Simão assevera-lhe não ter sido ele, querendo somente perceber o que Valdemar anda a esconder com Freitas. Humberto fica em choque por Rúben dizer que Valdemar foi levado pela polícia.

Humberto pensa aflito se Valdemar terá sido preso pela suspeita de tráfico, levantando o colchão da cama e olhando perdido para os sacos de droga. João Maria chega a casa com o saco em sinal de estar de volta a casa e Jaime critica-o por achar que pode entrar e sair quando quer.

Joana diz a Gonçalo achar que não faz mais sentido continuar com João Maria e não estar arrependida de ter acabado tudo com ele. João Maria desabafa com Matilde que Joana agiu mal com ele ao ter-lhe escondido o problema de saúde do bebé, ficando irritado por a irmã não ter ouvido nada do que disse.

Renata, Bruno e Domingos estão apreensivos por a dona da casa já ter arranjado outro inquilino sem lhes dar a mínima satisfação de quem possa ser. Ricardo diz sedutor a Mónica que vê muito futuro naquele namoro e tenta beijar Mónica. Bruno, Domingos e Renata ficam em choque por serem Elvira e Max os seus novos companheiros de casa.

Elvira segue displicente para o interior com Max sem ligar nenhuma à fúria dos jovens. Humberto confronta Valdemar com a droga que descobriu escondida na oficina e este nega ao filho ter sido por isso que foi chamado à PJ, mas sim pela suspeita da morte de Augusto. Nos armazéns Valdemar bebe sofregamente a recordar-se Augusto.

Tiago avisa-o saber que ele escondeu alguma coisa ilícita na oficina, mas Valdemar repele-o dizendo não ter de lhe dar satisfações. Simão admite a Vera que não foi a última pessoa que viu Augusto com vida por se ter cruzado com Valdemar nos armazéns nessa noite.

Lara vai buscar o avô os armazéns, mas este desaba a chorar a dizer que quem matou Augusto fez um grande favor a todos, criticando todos os presentes por já o terem esquecido. Lara fica abalada por Humberto confirmar que Simão estava a dizer a verdade. Bruno e Domingos continuam revoltados por Elvira e Max estarem a viver

com eles. Elvira senta-se à mesa servindo-se do almoço dos jovens, com Bruno a ficar a ferver por ver Max a seguir para o quarto de Renata. Renata fica furiosa com Max por ele ter entrado no seu quarto sem autorização.

Bruno e Max trocam galhardetes sobre quem vai ficar com Renata e ficam surpresos por Domingos sugerir que eles façam uma aposta. Cecília acarinha João Maria, prometendo-lhe conseguir fazê-lo superar a perda de Joana, não escondendo que nunca concordou com aquele namoro.

João Maria encontra-se com Liliana e admite sentir-se perdido por não se sentir bem na casa dos pais agora que acabou tudo com Joana.

Fica surpreso por Liliana propor que ele se mude para sua casa. Lara diz a Liliana não concordar que João Maria, um Rosa Neto, venha viver com eles, expressando o rancor que sente por Simão.

Simão fica irritado com Julie por ela já não ir defendê-lo, por ir defender de Valdemar, salientando que a relação deles nunca funcionou por nunca foram sinceros um com o outro.

Tiago insiste com Humberto para que lhe conte o que se anda a passar com Valdemar. Freitas pergunta furioso onde está a droga e Valdemar explica-lhe que a teve de guardar em casa por que a polícia andou ali a rondar.

Freitas aponta uma faca a Valdemar, que está atónito por a droga também não estar no quarto. Humberto irrompe e expulsa Freitas e Valdemar explica ao filho que Freitas recebeu dinheiro de Augusto para fazê-lo perder no jogo de poker que fez com ele.