“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 76  (18 a 24 de fevereiro)

Jaime recorda conversa com a mãe onde admite a sua responsabilidade pela morte de Leonor.

Isaura avisa Augusto que não se vai calar com o que descobriu sobre Jaime e Augusto diz-lhe ter algo para lhe propor em troca do seu silêncio. Simão diz à namorada que não podem deixar Jaime morrer na cadeia e que têm de arranjar maneira de tirá-lo de lá.

Guarda leva o jantar a Jaime e este atira-o para o chão, a reiterar que alguém o quer matar.

João Maria diz a Matilde que infelizmente estão agora a perceber a natureza dos pais, estando Jaime em risco de vida na prisão e Cecília que tentou fugir para ficar com o amante.

Ricardo despede-se de Mónica por ela ir passar uns dias com Diana, Elvira chega e pede para falar com o advogado. Max mostra um envelope a Renata e diz-lhe estar ali a prova da sua inocência.

Ricardo ouve atónito Elvira a contar-lhe que Max se sacrificou por ela e se deu como culpado pelo atropelamento de Maria para ela não ir presa pelo assalto à ourivesaria, estando agora em risco por o seu antigo gangue a ter localizado e não ter como pagar os trezentos mil euros que lhes deve.

Elvira recorda quando Jorge vai ter consigo e a questiona pelo dinheiro do assalto. Renata está em choque por Max ter ido para a prisão injustamente e abraça-o.

Valdemar chega furioso do banco e diz a Humberto que se recusaram a dar-lhe o empréstimo devido à sua idade, Isaura aparece e diz-lhes que precisa falar com eles.

Os Seixas olham intrigados para Isaura a dizer-lhes ter ido ali convidá-los para um jantar amanhã no restaurante dos Armazéns.

Simão afiança a Diana que não anda a enganá-la com Lara e que Tiago só o quis denegrir por estar cheio de ciúmes, deles estarem juntos. Lara começa a ficar desesperada por não encontrar o telemóvel com o vídeo.

Diana entra agitada em casa, deparando-se com Mónica, que lhe diz que decidiu ir passar uns dias com ela.

Diana declina a sua companhia, seguindo para o quarto. Renata diz a Bruno e Domingos que acredita plenamente que Max não atropelou a criança, recordando-os que já o conhece muito bem dos tempos em que falavam através do avatar.

Max assume a Elvira gostar cada vez mais de Renata, indo comprar-lhe um anel. Renata e Max abraçam-se apaixonados a caminho de mais um dia de trabalho nos Armazéns.

Elvira olha aflita para Jorge, a avisá-la que ela vai ter de arranjar o dinheiro que lhes roubou.

Jaime discute com diretor da penitenciaria e diz-lhe que vai manter-se em greve de fome, por ter a certeza que alguém ali dentro o quer assassinar.

Ricardo diz a Augusto que vai tentar que Jaime seja transferido para outra prisão, mas Augusto pede-lhe que consiga tirar o seu filho da cadeia, antes que ele seja morto. Elvira pede a Ricardo que lhe arranje dez mil euros para adiantar algum dinheiro a Jorge e Ricardo diz-lhe que não se quer meter naqueles problemas. Elvira conta a Max o problema que tem com Jorge e diz ao filho que peça mais dinheiro a Cláudia, para ele não a denunciar que foi ela quem tramou Tiago.

Isaura diz a Renata querer fechar o restaurante para o jantar de mais logo, salientando ser uma ocasião especial.

Cecília alerta Cláudia que se está a arriscar a ter problemas por ter envolvido Max, no seu plano de acabar com a carreira de Tiago.

Diana sonha alto e Mónica conforta a amiga, achando que ela está a sofrer por não estar com Tiago. Lara chega com Valdemar a casa de Simão, verificando que o carro dele não está por ali.

Lara diz a Valdemar estranhar que Simão não lhe tenha dito nada e fica em choque por Valdemar lhe mostrar uma almofada que aparenta ter o buraco de uma bala.