“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

186º Episódio (18 a 24 de março)

Na autocaravana, Diana consegue libertar-se mas percebe que não tem as chaves e está trancada. Consegue abrir a porta ao pontapé e corre, desesperada, pelo descampado e perde as forças para continuar. No entanto, avista uma estrada e recomeça a correr até lá.

Rodrigo conversa, emocionado, com Diana e explica que o vídeo com a sua morte foi simulado, que esteve preso mas conseguiu fugir. Diana está em choque com tudo e Jaime, percebe o que está a acontecer e sai sem ela ver. Samuel entra logo a seguir e fica furioso ao perceber que Jaime fugiu. Agride Diana e liga para Gonçalo. Rodrigo percebe que algo se passa com Diana quando a chamada cai. Tenta ligar de novo mas não consegue.

Na marisqueira, Carmo está, entediada, num encontro com Filipe, um desconhecido que não se cala. Alex percebe e salva Carmo da situação, dando início a uma grande cumplicidade entre eles. Nelson está muito nervoso e Eduarda percebe.

Gonçalo está furioso com Samuel por ele ter deixado escapar Jaime. Para piorar, recebe uma chamada a informar que a polícia espanhola apreendeu um carregamento de armas para os russos. Aflito, Samuel não sabe o que correu mal.

Rodrigo liga para João e explica que esteve preso mas  conseguiu fugir. Conta ainda que a embaixada de Portugal já está a tratar do seu regresso e está preocupado com Diana.

João fica chocado ao receber a chamada de Rodrigo. Apesar deste querer saber de Diana, João ignora-o e pretende ir ter com ele a Marrocos. Depois de desligar a chamada, João pede a Alice que avise a família e lhe compre um bilhete de avião para Rabat.

Adelaide e Tiago chegam a casa bem dispostos do concerto. Tiago ainda tem fome e decide ir fazer comida para eles. Adelaide, divertida segue-o até à cozinha e ignora uma chamada de Alice.

Na cozinha, Tiago puxa Adelaide para si e beija-a. Surpresa, ela afasta-o e chama-lhe louco. Tiago volta a beijá-la e, desta vez, ela corresponde. O telefone fixo toca e eles ignoram.

De repente, Jacinta chama pela filha e declara que Rodrigo está vivo, o que deixa todos incrédulos. Adelaide quase desmaia e chora a descomprimir o seu sofrimentos. Carmo entra e é apanhada no meio da confusão. Adelaide quer falar com João para saber o que Rodrigo disse.

Na autocaravana, Diana volta a si, cheia de dores. Está amarrada e não consegue falar porque tem fura adesiva na boca. Repara no seu telemóvel destruído e chora porque não consegue chegar até à porta.

Júlia fica surpreendida com a visita de Cecília a sua casa. Esta veio agradecer e está disposta a tratar-se por Leonor. Júlia convida-a para viver lá em casa como forma de compensar o mal que fez a Fernando e Cecília aceita o convite.

Vitória desabafa com Clara que há qualquer coisa estranha em Gonçalo e admite que ele lhe provoca arrepios. Celso chega para vir buscar Clara e comenta com elas como está a adorar o trabalho na rádio.

Na prisão, Deolinda conversa com Raimundo mas ele não lhe liga nenhuma. Olha em redor à procura de Lola e Deolinda apercebe-se disso e fica chateada com ele. Para desanuviar, Deolinda fala da nova carreira de Celso na rádio.

Rui prepara uma fotografia de uma mulher loira e vistosa para mandar a Raimundo quando António aparece e lhe pede ajuda para umas entrevistas pois Diana foi embora. Martim discute ao telefone, uma vez mais, com Carla.

Aida sente uma dor no peito e repara que tem um alto numa mama e assusta-se. Leonor entra e ela disfarça o melhor que pode. Leonor partilha que Cecília está melhor e Leo está radiante com o lançamento do seu single.

Naomi reclama com Gustavo e afirma que já não tem paciência para as mudanças de humor dele, um dia está bem e outro está mal. Margarida conta a Naomi sobre o seu novo trabalho, o que a deixa triste com Gustavo.

Já na rua, Naomi está zangada com Gustavo por este ter mentido e ele acaba por dizer que mentiu para safar Lucas e está farto se sentir igual às pessoas do bairro. Naomi fica ofendida com o que ele diz.

Lucas insinua que foi Nelson quem os denunciou mas este não se desmancha e retribui a insinuação. Por fim, Nelson manda-o ficar atento a Samuel.

Nelson faz uma chamada e dá o número de uma uma matrícula para que prendam uma pessoa.

Samuel fala com Gonçalo e sugere ir ver Diana mas Gonçalo dá indicações que só vá no dia seguinte. Os clientes russos chegam e Gonçalo assegura que vai provar que continua a ser de confiança.

Na autocaravana, Diana consegue libertar-se mas percebe que não tem as chaves e está trancada. Consegue abrir a porta ao pontapé e corre, desesperada, pelo descampado e perde as forças para continuar. No entanto, avista uma estrada e recomeça a correr até lá.