“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

162º Episódio (25 de fevereiro a 3 de março)

Desesperada, Júlia pede ajuda a Aida para se livrar de Albano. Esta aceita ajudar mas Júlia tem de ter intenções puras. A seguir entrega-lhe uma lista de coisas que vai precisar.

Em Marrocos, dois prisioneiros trabalham exaustos. Um deles é Rodrigo que afinal está vivo. Um contrabandista atira água para a cara de Rodrigo e o outro prisioneiro divide a sua água com Rodrigo.

Gil faz a emissão na rádio e declara aos ouvintes que, por mais que lhe custe, tem de seguir em frente. Brinda a Rodrigo, emocionado.

O contrabandista não deixa Rodrigo beber água e ainda o agride. O outro prisioneiro implora a Rodrigo para que não deixem que o mate. Rodrigo observa que já está morto e o seu companheiro acha que se ainda o mantêm vivo é porque têm algo em mente para fazer com ele.

Em casa dos Macedo, Adelaide descarrega em Carmo a dor que sente pela morte de Rodrigo. Não aguenta a conversa zen da filha e retira-se para o quarto. Jacinta, emocionada, sai para a biblioteca com uma fotografia de Rodrigo e Carmo vai atrás dela.

A sós, Carmo diz a Jacinta que não tem de ser sempre forte pois têm de saber lidar com a tristeza. Jacinta reconhece que Adelaide está a sofrer muito. A seguir pergunta a Carmo o que pensa fazer com a casa de chá e gostava de continuar a trabalhar lá.

Celso e Clara conversam sobre uma possível mudança de emprego dele. Clara acha que ele devia mandar currículos e considera a rádio uma boa hipótese para ele. Celso fica a pensar nisso.

Em casa, Júlia retira o tablet a Vitória e não a deixa ver notícias sobre Rodrigo. Vitória fica chateada e vai para o quarto. O fantasma de Albano alerta Júlia para o fato de Diana se estar a aproximar novamente de Vitória e Júlia responde que não vai permitir que isso aconteça.

Durante o jantar em casa dos Macedo, Jacinta quer que celebrem em honra de Rodrigo. Carmo fala sobre as suas viagens e de tudo o que aprendeu. Quer mudar de vida e João fica emocionado com as palavras dela. Sai para a cozinha e Carmo vai conversar com ele.

João sente muito a falta de Rodrigo e lamenta não lhe ter dito que era o seu melhor amigo. Sente-se muito sozinho e admite que não é feliz com Alice. Carmo não entende porque é que ele voltou a cometer o mesmo erro.

Na marisqueira, Eduarda prepara comida para levar a Nelson, na prisão. Alex, por sua vez está preocupado porque tem uma reunião com um patrocinador e receia que saibam que tem o tio preso. Falam sobre Flávio que está nos preparativos para o seu desfile de moda.

Em casa, Flávio dá os últimos retoques nas peças de roupa para o desfile. Naomi é o seu modelo e acha que as peças estão mais do que perfeitas. Flávio está ansioso e não quer que nada falhe pois investiu ali todo o dinheiro que tem.

Desesperada, Júlia pede ajuda a Aida para se livrar de Albano. Esta aceita ajudar mas Júlia tem de ter intenções puras. A seguir entrega-lhe uma lista de coisas que vai precisar.

João conversa com o Dr. Lacerda sobre o caso de Nelson. Quer fazer tudo para o tirar da prisão mas o advogado alerta que será difícil mas vai tentar.

Na casa de chá, Jacinta conversa com Cecília e sugere-lhe um chá calmante e esta aceita a sugestão. Carmo aparece e elogia o trabalho que a avó fez a gerir o estabelecimento. No entanto, para ela chegou a altura de vender e de fazer outros planos.

A seguir Carmo passeia pelo mercado e por pouco não se cruza com Celso e Clara. Dirige-se à loja de tecnologia e conversa com Luís que fica surpreso de a ver. Carmo pergunta por Celso mas decide não esperar por ele. Cecília aparece e fala com Luís sobre Vera e sugere ao marido que fiquem com o filho dela, pois têm mais estabilidade familiar. Luís fica em choque. Celso regressa e não consegue disfarçar o nervosismo ao saber que Carmo voltou.

Leonor acorda Leo que adormeceu na escola e perdeu a aula. Ela observa que ele mudou muito desde que é músico e acha que Aida tem razão. Leo fica irritado com os comentários da amiga.

Em casa de Aida, ela e Júlia preparam tudo para fazer com que o espírito de Albano desapareça. Aida reza e Júlia repete o que ela diz. Continuam e aumentam a intensidade.