“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

72º Episódio (26 de novembro a 2 de dezembro)

Na morgue, Cecília acha que é muito violento para a filha ir reconhecer o corpo de Camila mas Leonor faz questão de o fazer pela companheira. O médico legista mostra o cadáver de Camila a Leonor e esta confirma que é ela é chora, perturbada.

Jacinta fala ao telemóvel com Nestor que está em Angola. Fica muito nervosa quando este conta que tem um neto, filho de Lorena. Nestor está decidido a descobrir quem ele é e Jacinta apoia o marido. Depois de desligar, Jacinta consola Deolinda que está muito arrependida por ter traído a confiança de Raimundo. Jacinta acha que ela deve falar com o pastor para pedir o dinheiro de volta mas Deolinda não acha isso bem.

Diana fala ao telemóvel com Giacomo e combina uma nova regressão. João quer que ela vá à polícia mas Diana tem de obedecer a Giacomo pois este ameaçou matá-los aos dois.

Vera arruma as suas coisas depois de ser despedida. Furiosa, acusa André de ter alterado os valores de escala do projeto e este nega tudo. Vera ameaça que ele vai pagar por tudo o que lhe fez e André avisa-a que é melhor ter cuidado com quem se mete.

Na morgue, Cecília acha que é muito violento para a filha ir reconhecer o corpo de Camila mas Leonor faz questão de o fazer pela companheira. O médico legista mostra o cadáver de Camila a Leonor e esta confirma que é ela e desaba a chorar, perturbada.

No corredor do tribunal, Margarida está certa de que Vitória vai ser condenada e todos reconhecem que o testemunho de Aida foi determinante. Por sua vez, Vitória está nervosa porque correu tudo mal e quer à força arranjar maneira de desacreditar Aida. Paulo comenta com Vitória que conhece o juiz.

António entra na escola de circo e traz um envelope a Diana. Ela abre e tira de lá uma cassete. Põem a tocar e Diana reconhece uma música que ouviu com Rodrigo e fica nostálgica. António sente-se a mais e sai.

Na rádio, Rodrigo e Gil acabam a emissão e este queixa-se das músicas românticas do amigo. Falam ganham sobre Paulo e Vitória e Gil está certo que o chefe está quase a despachar a jovem pois a vida dela é muito complicada.

Júlia está furiosa por Fernando não ter aparecido no tribunal e este defende-se dizendo que não podia pois os filhos iam odiá-lo por isso. Júlia afirma que os filhos não querem saber dele para nada e que ela e Vitória é que são a família dele agora.

Alex comenta triste com Eduarda que Jessica casou com o seu antigo agente e a mãe aconselha-o a ultrapassar isso, duma vez por todas. Numa mesa, Vitória e Paulo conversam e esta pede-lhe para dar a volta ao juiz para que seja considerada inocente. Paulo assente e Vitória promete que o vai compensar por isso. António chega e vai ter com Diana que observa Vitória. António desabafa com a amiga sobre o encontro que teve com Vera e não tem muita esperança.

Em Génova, Leonor está destroçada com a morte de Camila e Luís refere que o corpo dela está a ser transladado para o Brasil para ser entregue aos pais dela. Leonor tem vontade de partilhar com a família da amiga que é graças a ela que está viva. Luís sugere à filha que escreva uma carta.

Celso e Clara conversam sobre Leonor ter sido encontrada e este confessa que nunca pensou que ela ainda estivesse viva. Falam de Vitoria e do julgamento e Clara agradece a Celso a amizade e apoio que tem dado.

No bazar de moda, Flávio está de mau humor e Naomi quer saber o que se passa. Este desabafa que não consegue ter intimidade com a mulher por causa de Alex e as suas manias. Pelo seu lado, Naomi está muito preocupada com Aida e com o que lhe pode acontecer.

Gustavo tenta chamar Aida à atenção e reforça que Leo precisa de a ter por perto para não fazer asneiras e tenta, uma vez mais, convencer Aida a negar a confissão que fez. Gustavo promete ainda que defende Leo em tribunal mas Aida não quer voltar atrás e está decidida a assumir a culpa.

Na clínica, Margarida fala com João sobre o trabalho e este fala sobre Leonor ter aparecido e sobre o julgamento de quem atropelou Marta. Margarida refere que tem esperança que seja feita justiça e, no fim, João declara que está muito satisfeito com o trabalho dela.

Paulo conversa com Francisca quando Ana aparece e diz ao chefe que conseguiu o que ele queria. Manda-o ir ao seu gabinete e a seguir dirige-se à rua, antes que lhe reboquem o carro.

No seu gabinete, Paulo fala com o juiz do julgamento de Vitória e para o subornar, oferece-lhe um lugar de comentador na estação. Este fica entusiasmado com a ideia mas percebe logo que Paulo quer algo em troca. Paulo assume que está a defender Vitória e explica que ela também trabalha na rádio.

Ana volta da rua com uma multa de estacionamento na mão. Conta a Francisca que no meio daquilo tudo conseguiu pedir o número de telemóvel a um polícia lindo que se prontificou a acalmá-la. Francisca acha piada à situação.

Diana acaba uma aula na escola de circo quando Vitória se aproxima para lhe mostrar a reportagem que fez dela. Diana tenta conversar com ela sobre o julgamento e quer saber mais coisas sobre a vida dela mas Vitória é evasiva e só explica que não tem mais família, é só ela e Júlia.

Naomi começa a ficar desesperada com a atitude de Aida e Gustavo lamenta não ter conseguido convencer a mãe dela a desistir da confissão que fez. Naomi declara que se a mãe for deportada, nunca vai perdoar Leo.

No bairro, Lucas entrega doses de heroína a alguns rapazes enquanto lhes dá indicações de como as coisas funcionam. Garante-lhes que se arranjarem clientes novos vão receber um dinheiro extra.

Adelaide comenta com João que acha que Carmo só está com Celso para a provocar e João acha que quanto mais a mãe implicar, pior é. Adelaide observa o seu rosto e diz ao filho que envelheceu dez anos com tantos problemas familiares.

Em Angola, Nestor procura saber mais informações sobre o neto e conseguem apurar que o jovem esteve internado no hospital com malária e que, depois de ter alta, se mudou para Portugal.

Leonor regressa a Portugal e emociona-se muito quando Vera a abraça. Cecília também chora e partilha com a irmã que Leonor foi abusada sexualmente e que vai precisar de muita ajuda. Vera e Luís sentem grande constrangimento por se terem envolvido mas disfarçam. Por fim, Vera conta que foi despedida do estaleiro, deixando Cecília e Luís surpresos.