“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

24º Episódio (8 a 14 de outubro)

Júlia vai a Sintra fazer um ritual com uma curandeira para afastar Diana da sua vida e de Vitória. Aos poucos, começa a sentir-se mal mas a curandeira nem repara. Júlia desmaia e fica inconsciente no chão.

Leonor fica eufórica quando os pais lhe dizem que decidiram deixá-la ir a Génova com o coro. Cecília observa que já está tudo tratado e Leonor apressa-se a mandar uma mensagem ao seu amigo virtual. Cecília avisa Luís que se acontecer alguma coisa a culpa é dele.

Vera trabalha concentrada quando André lhe pergunta, de forma subtil, o que ela sabe sobre Diana. Vera explica que não a conhece bem e volta a concentrar-se no trabalho, deixando-o pensativo.

Francisca conversa com o filho sobre o seu futuro profissional. Zé sugere que montem um negócio próprio e fala dum período mau que André atravessou. Apesar de tudo, Francisca não esquece que ele esteve sempre ao seu lado também.

Diana treina no tecido acrobático sob o olhar dos alunos que a aplaudem. Rui fica cheio de ciúmes e levas-o dali. Diana não percebe aquelas atitudes dele e António esclarece o motivo.

João quer saber porque é que Rodrigo decidiu ir fazer a viagem sozinho quando tinham combinado ir os dois. Rodrigo dá uma desculpa e João revela que sabe tudo sobre a relação dele com Diana. Conversam sobre isso.

Diana e António entram no café do bairro e Diana repara que Hermínia tem uma nódoa negra na cara. Esta disfarça o melhor que pode e Diana fica desconfiada. António diz à amiga para esquecer o assunto.

Na Somecel, Júlia fala com Fernando sobre o fim do namoro de Gustavo e Vitória e refere que a filha está de rastos e desistiu de ir para Londres. Revela ainda que o filho dele namora com Naomi e não gosta da reação de Fernando.

Nestor lê o livro de Manuel Arriaga e conta a Jacinta, com ressentimento, que Miguel fez coisas horríveis na guerra. Acaba por chorar e Jacinta consola o marido dizendo que lhe faz bem desabafar.

Raimundo chega, por fim, a Lisboa e Deolinda reage muito mal ao saber que o marido teve de entregar o dinheiro aos polícias ou ia preso. Celso defende o pai e Raimundo está confiante que vai correr tudo bem.

A casa de chá está cheia quando Diana chega para falar com Carmo. Esclarece que a relação dela com o irmão não vai mudar. Vitória e Júlia chegam e sentam-se na mesma mesa de Diana e há uma empatia enorme entre Diana e Vitória, o que deixa Júlia desesperada.

Na universidade, Clara aproxima-se de Zé Maria que está perdido e conversa com ele, dando indicações. Zé fica encantado com ela.

Diana explica a João que a conversa com Carmo não correu como esperava. Falam sobre as famílias de ambos e sobre ela não ter feito o luto do avô e João acha que está na hora de Diana seguir em frente.

Paulo e Gil conversam com Rodrigo sobre a sua viagem. Paulo pede-lhe que faça um vídeo diário da sua jornada para os ouvintes da rádio verem na internet. Rodrigo não tem como recusar.

Aida chega a casa e conta a Naomi que foi despedida e esquiva-se a contar o motivo mas Naomi insiste. Quando a mãe revela, Naomi sente-se culpada. Jura que só começou a andar com ele depois dele deixar Vitória.

Danny avisa Celso que ele e os amigos vão assaltar a loja de Luís. Aconselha-o a ficar quieto e a não contar nada ao patrão ou a sua família pode sofrer represálias. Celso fica angustiado.

Ao telemóvel, Fernando deixa uma mensagem a Júlia quando Margarida entra. Vem chamar o marido para irem visitar Marta. Cecília quer falar com o pai sobre trabalho e não gosta quando este lhe diz que Júlia não estará no escritório, nesse dia. Cecília observa ainda que Júlia faz o que quer na Somecel.

Diana chega ao matadouro e não fica indiferente. Recorda-se do avô a dizer que ele era a sua única família. Comovida, entra no edifício. Uma das trabalhadoras reconhece-a e observa que todos pensavam que ela estava morta. Diana faz várias perguntas sobre o avô e fica a saber que ele não era um bom homem.

Júlia vai a Sintra fazer um ritual com uma curandeira para afastar Diana da sua vida e de Vitória. Aos poucos, começa a sentir-se mal mas a curandeira nem repara. Júlia desmaia e fica inconsciente no chão.

Os bombeiros entram no hospital com Júlia numa maca, ainda desmaiada. Um médico e um enfermeiro observam-na. Daí a pouco, Júlia acorda no quarto e fica em pânico ao ver o fantasma de Albano, sentado na cadeira ao seu lado. A situação torna-se ainda mais macabra quando este fala sobre a morte.