“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

6º Episódio (17 a 23 de setembro)

Diana devolve o dinheiro do vestido a João. Quer dar por terminado o acordo que fizeram. Este pede-lhe desculpa por tê-la feito sentir-se mal mas quer cumprir na mesma com a sua parte do acordo e fazer-lhe a cirurgia à cicatriz.

Clara trabalha até tarde quando recebe uma mensagem de Xavier. Vai responder quando é interrompida por Paulo que a convida para beber um copo. Ela fica atrapalhada e é salva por um telefonema de Vitória e recusa o convite.

Ao telefone, Vitória recorda a amiga que vão ter um exame no dia seguinte. Gustavo chega e Vitória desliga. Sedutora, leva-o para o quarto apesar de Gustavo ter receio que Júlia chegue.

Numa loja, Flávio mostra várias peças de roupa a Júlia para ela experimentar. Diana entra para devolver o vestido. Flávio faz a troca e devolvê-los o dinheiro. Júlia repara em Diana e depois dela ir embora, pergunta a Flávio quem ela é. Este só sabe que é namorada de João.

Adelaide pede a João para tomar conta de Carmo quando ela partir. João acha que a mãe está a exagerar. Adelaide muda de assunto e comenta que acha um disparate o apelo de Rodrigo na rádio.

Cecília prepara-se para ir trabalhar quando Luis lhe pede para falarem. Quer fazer as pazes com ela mas acabam a discutir, novamente. Dannynor acorda e aproxima-se estremunhada, sem perceber porque é que os pais estão a discutir.

Nestor e Fernando falam sobre trabalho enquanto jogam golf. Nestor pergunta ao amigo pela família e pela secretaria. Fernando responde que não tem nada com Júlia e Nestor também afirma que jamais seria capaz de ter outra mulher além da legítima.

Vitória pergunta à mãe que vela é aquela que arde há dois dias na cozinha. Júlia explica que é uma “amarração” que Aida lhe ensinou para não perder Fernando. Júlia não percebe como é que há anos sonha com uma pessoa sem nunca a ter visto.

No centro de acolhimento, Gustavo brinca com os filhos de Alzira e conversa com a assistente oscila, dizendo que não acredita que eles sejam vítimas de maus tratos. A assistente social refere que Soraia tem vários registos de entrada nas urgências.

Naomi está de saída quando Aida encara o filho e quer saber se foi ele quem andou a atirar pedras à polícia. Discutem e Danny afirma que está farto dela e que qualquer dia vai para a Alemanha viver com o pai.

Deolinda fala com Raimundo por skype e pede-lhe que tenha cuidado. Este responde que vai tomar conta de tudo o que é deles. Celso e Clara preparam-se para sair quando Aida aparece e traz uns pasteis de milho para a vizinha. Deolinda agradece, ambas estão sem os maridos mas Aida sente muita revolta porque o dela abandonou-a.

Paulo quer saber porque é que Rodrigo quer tirar a mensagem para Diana do ar. Este explica que já a encontrou e que Diana é a namorada do seu irmão.

Diana devolve o dinheiro do vestido a João. Quer dar por terminado o acordo que fizeram. Este pede-lhe desculpa por tê-la feito sentir-se mal mas quer cumprir na mesma com a sua parte do acordo e fazer-lhe a cirurgia à cicatriz.

Júlia tenta saber informações sobre Diana através de Fernando. Este conta o pouco que sabe. Júlia não gosta da atitude dele e informa-o que Cecília lhe pediu para ir à fábrica.

Enquanto os funcionários trabalham, Cecília diz ao pai que precisam de ampliar o espaço de armazenamento mas Fernando tem outras ideias para a empresa.

Vera combina um encontro com Cecília. Logo a seguir, Adelaide quer saber se está tudo bem com o projeto e pede a Vera que não comprometa os prazos de entrega. Nestor quer falar com a filha. A sós, diz-lhe que ela deve ter uma relação mais próxima com os funcionários. Adelaide defende-se dizendo que trata toda a gente bem mas não pretende ser como ele. Um dos trabalhadores chama Nestor para ver o navio.

Na escola de circo, Diana tira um café quando Júlia se aproxima dela. Esta reforça que está ali a pedido da família de Margarida pois querem agradecer-lhe o gesto de a salvar. Diana termina a conversa pois vai dar uma aula. Júlia ainda insiste em ter o seu contato para organizarem um almoço mas Diana recusa e corta a conversa.

Vitória liga à mãe mas ela não atende. Clara quer apostar no estagio da rádio e Vitória critica-a por trabalhar tanto sem ser remunerada. Declara ainda que não vai aceitar qualquer estágio e tem planos de subir na vida depressa.

Diana termina de dar a sua aula e António pede-lhe os documentos por causa do contrato de trabalho. Diana dirige-se à sala de convívio onde tem a sua mala. Comenta que está habituada a trabalhar sem formalidades mas António explica que ali tem de ser tudo direitinho. Diana não encontra a carteira e fica nervosa. Rui promete que vai falar com os jovens.

Dentro do seu carro, Júlia vasculha a carteira de Diana. Tira o cartão de cidadão dela e fotografa-o, frente e verso.

Gustavo diz a Margarida que já pode ir buscar o seu carro. Marta oferece-se para ir com a mãe e partilha com o irmão que está preocupada com o estado de saúde mental de Margarida. Ao ver Gustavo receber uma sms de Vitória, Marta quer saber quem é a cunhada.

Em casa, Júlia, muito nervosa, pede a Vitória que lhe traga o portátil e faz pesquisa na internet sobre Diana. Vitória estranha o comportamento da mãe e Júlia explica que tem de saber quem é a mulher que lhe aparece nos sonhos.

Na escola de circo, Diana está ansiosa com o desaparecimento da carteira. António tenta acalmá-la e Diana lembra-se que na última vez que usou a carteira estava a conversar com Júlia, que teve um comportamento estranho. António vai falar com os miúdos para ver se alguém encontrou a carteira.

Carmo e João conversam sobre Diana e este esclarece à irmã que só levou Diana à festa porque ainda não está preparado para assumir que é homossexual diante da família. Carmo apoia o irmão e espera que ele um dia consiga ser feliz.

Deolinda e Jacinta conversam, na cozinha, sobre a situação económica na Venezuela. Deolinda fala sobre o que fazia antigamente e não esconde que têm habilitações para mais do que ser empregada, dantes trabalhava num escritório e gostava de voltar a fazê-lo. No entanto, está feliz porque Celso se está a adaptar muito bem.

Na loja de tecnologias, Celso atende uma cliente. Danny entra na loja e observa tudo em seu redor. Celso conecta o telemóvel que quer vender a uma coluna e põe uma música e começa a dançar.