“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

305º Episódio (15 a 21 de julho)

Gonçalo é surpreendido na Somecel com a presença de agentes que veem prender. Indignado, afirma que não subornou nenhum juiz e acusa a polícia de abuso de autoridade. Um dos agentes algema-o e leva-o. Furioso e humilhado, Gonçalo dá indicações a Raúl.

Diana, Gustavo, Julia e Rodrigo contam tudo o que sabem a um agente da PJ sobre a morte de Lucas, de Nelson e da participação de Vitória e Gonçalo em tudo. Gustavo fica indignado com Diana por tê-lo deixado na prisão sabendo que era inocente.

Marta percebe que algo grave se passou entre Gustavo e Naomi. Este entra em casa e conta que a PJ vai investigar Gonçalo. É seco com Naomi e Marta exige saber o que se está a passar.

Julia pede ajuda a Aida, precisa de aprender a proteger-se e quer aprender a fazer o bem. Aida fica surpreendida e aceita ajudar. Júlia agradece de coração.

Na rádio, Vitória distribui o trabalho de forma autoritária quando entram dois agentes da polícia com um mandado. Avisando-te-na que terá de ser interrogada acerca do homicídio de Nelson. Vitória fica muito nervosa.

Gonçalo é surpreendido na Somecel com a presença de agentes que veem prender. Indignado, afirma que não subornou nenhum juiz e acusa a polícia de abuso de autoridade. Um dos agentes algema-o e leva-o. Furioso e humilhado, Gonçalo dá indicações a Raúl.

Natália está preocupada com Júlia quando Diana chega. Esta acha que Júlia não devia ter falado de Vitória à PJ. Júlia por sua vez acha que a filha tem de pagar pelos seus erros.

Gustavo liga a Diana a dar a notícia que Vitória e Gonçalo foram detidos. Ainda precisa de tempo para a perdoar. Naomi vai apanhar ar. Marta observa diante do irmão que o que Naomi fez foi um ato de amor e não traição.

Naomi chora nos braços de Aida e esta sabe que algo grave aconteceu à filha. Se ela não contar não a pode ajudar. Naomi só quer ficar nos braços da mãe e Aida percebe que a filha não lhe vai contar a verdade.

Clara conta a Rodrigo que Vitória lhe propõs voltar a trabalhar na rádio. Admite que precisa do dinheiro para viver. Rodrigo acha que ela deve aceitar e manter as coisas no plano profissional.

Na casa de chá, Carmo e Celso conversam animados. Ela afirma que quer muito que as coisas com Pedro funcionem. Celso observa que Pedro tem mais experiência de vida do que ela e conta que Vitória foi detida para interrogatório.

No bar, Rui constrangido diz a Clara que as coisas não estão a funcionar com ela ali pois as pessoas não querem ir lá com medo de aparecer nos vídeos dela na internet. Clara percebe e agradece-lhe pela ajuda, dizendo que não tem de se preocupar com ela.

Na autocaravana, Martim combina com Celestino irem à feira. Carina chama pai a Martim que fica nervoso e com medo que Celestino o mate e ignora a filha. Afirma que a criança está baralhada.

Adelaide não aceita Inês como sua neta e acha que João a devia entregar numa instituição. Carmo diz à mãe que Inês foi o melhor que podia ter acontecido a João e já faz parte da família. Adelaide terá de a aceitar de uma vez por todas.

Diana chora preocupada com Vitória e receia ter perdido a filha. Rodrigo observa que ela já não tinha relação nenhum com Vitória e acha que ela se deve concentrar no bebé que aí vem. Diana assegura que com esse será tudo diferente.

Em casa, Julia sente-se mal e não tem fome. Pede a Natália que lhe faça um chá e vai para o quarto. Natália fica muito preocupada com ela.

Luis partilha com Vera que a psicóloga acha boa ideia que Leonor se afaste dali por uns tempos. Têm de arranjar uma solução mas precisa da ajuda dela. Leonor ouve tudo e fica muito magoada.

Naomi quer saber novidades sobre Vitória e Gonçalo e Gustavo explica que ainda estão a ser interrogados. Ela quer falar mas Gustavo prefere não o fazer pois não a quer magoar. Sai para o quarto.

Gonçalo e Vitória chegam a casa dela e estão furiosos. Gonçalo percebe que a denúncia só pode ter vindo de Naomi ou do juiz. Está preocupado com Cruz pois teve de abortar o desembarque de um carregamento de cocaína.