“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

292º Episódio (1 a 7 de julho)

No hospital, Diana fala desolada com Sara, que continua inconsciente e ligada às máquinas, e pede-lhe que lute para viver. O médico entra e explica a Diana que Sara não vai recuperar e decidiram desligar a máquina de suporte de vida. Diana chora e implora à mãe que reaja.

Diana visita Sara no hospital e encontra-a inconsciente, ligada à máquina de suporte de vida. Fica a saber que Sara se atirou de uma janela e chora. O médico refere que Sara está em morte cerebral e não acredita que ela possa recuperar mas ainda quer ver os resultados dos últimos exames.

Carla vai à marisqueira e diz a Martim que ele pode ficar com Carina mas em troca ela quer um sítio para dormir na casa dele, pensão de alimentos e direito a visitas diárias à filha. Martim fica furioso com ela e manda-a embora.

Em casa de Deolinda, Clara fala com Deolinda e Rui sobre a agressão no bar de Rui. O vídeo que Clara faz já é viral e ela espera que isso sirva para condenar o homem que bateu na mulher. Deolinda crítica tudo, como sempre.

Raimundo entra em casa e Aida surpreende-o com uma lembrança, um mealheiro. Quer juntar dinheiro com ele para irem a Cabo Verde. É o sonho dela. Raimundo coloca uma moeda de um euro e Aida fica enternecida.

Marta, António e Naomi estão consternados com a tentativa de suicidio de Sara. Naomi está muito em baixo e cada vez tem menos esperança de que Leo e Gustavo sejam libertados. António aplica uma injeção do tratamento de fertilidade na barriga de Marta.

Na loja de tecnologia, Luís mostra um telemóvel a Marcos quando Vera entra com Leonor. Esta fica em pânico ao reconhecer Marcos como um dos homens que a violou em Itália. Ele não reconhece Leonor que, entretanto, finge sentir-se mal e quer ir para casa.

Diana continua de rastos sem aceitar que não percebeu que a mãe queria morrer. João e Rodrigo afirmam que ela não tem culpa mas de nada adianta. Diana atende uma chamada de Júlia e vai para o quarto. Rodrigo consegue dizer finalmente a João que não chegou a contar a Diana que está doente.

Ao telefone, Júlia fica estarrecida ao saber que Sara tentou matar-se e que está muito mal. Lamenta que Diana esteja a passar por isso tudo.

Em casa, Vitória navega na internet quando vê a notícia da tentativa de suicidio de Sara. Fica muito perturbada e pega no telemóvel para ligar a Diana mas desiste de o fazer.

Em casa, Leonor chora angustiada por ter visto Marcos e tenta acalmar-se, dizendo a si própria que vai correr tudo bem. Assusta-se quando Luís aparece e inventa que não se está a sentir bem. Luís vai fazer um chá e Leonor continua a chorar.

Martim faz a mala com roupas suas e de Carina e diz a Carla que está farto e que pretende ir a tribunal lutar pela guarda da filha. Informa que vai para casa de Rui e saem para a rua a discutir.

No bairro, Celestino vende camisolas nas traseiras da sua carrinha. Esmeralda esconde-se ao ver o pai mas acabam por cruzar olhares e ficam os dois abatidos. As pessoas do bairro estão furiosos com Clara por ela ter posto o vídeo na internet. No entanto, Clara não se arrepende de o ter feito.

Na loja de discos, Marta vê o vídeo que Clara fez na internet. Noutro canto, Leonor conta a Sofia que Marcos foi um dos homens que a violou em Itália. Sofia acha que ela deve contar tudo a Luís e a Vera e têm de denunciar Marcos mas Leonor não tem coragem.

Saem da loja de discos e Leonor afirma que não consegue falar sobre Marcos em condições, sente-se doente. Sofia percebe que ela está em choque e há de passar. Júlia passa por elas e segue para a casa de chá, muito abatida.

Quando lá chega, desabafa com Raimundo que teve de dispensar a sua empregada pois perdeu praticamente todos os clientes e não consegue angariar casas novas. Raimundo não sabe o que dizer para a animar.

No hospital, Diana fala desolada com Sara, que continua inconsciente e ligada às máquinas, e pede-lhe que lute para viver. O médico entra e explica a Diana que Sara não vai recuperar e decidiram desligar a máquina de suporte de vida. Diana chora e implora à mãe que reaja.

Na Somecel, Vitória conta a Gonçalo que Sara está a morrer. Gonçalo não quer saber disso e muda de assunto, dizendo que está em negociações para comprar a rádio e quer que ela seja nomeada diretora. Vitória fica muito entusiasmada.

Marta e Naomi visitam Gustavo na prisão e ele disfarça que está mal e afirma que está tudo bem e que não é tão mau quanto parece.

Celso conversa com Raimundo e revela que já sabe que ele tem uma relação com Aida e, por ele, esta tudo bem. Carmo aproxima-se deles e conversa com Celso. Este partilha que está numa relação complicada e recordam a relação que tiveram.

Adelaide enerva-se com Deolinda e sente dificuldade em respirar. O clima é de tensão e Jacinta intervém e manda Deolinda fazer o que Adelaide pediu. A seguir, pede à filha para não se enervar.

Na clínica, João aplica botox numa paciente quando ela faz um movimento brusco e João pica-se no dedo. Fica todo a tremer e põe um penso de imediato. Diz à paciente que um colega seu acabará o tratamento e sai, deixando a paciente sem perceber.

No hospital psiquiátrico, o médico prepara-se para desligar as máquinas que mantêm Sara com vida. Ela morre e Diana chora abraçada a Rodrigo.