“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

270º Episódio (3 a 9 de junho)

No parque da Somecel, Gonçalo faz uma chamada e é o seu segurança que vai buscar o carro. Quando o segurança entra no carro, há uma explosão e Gonçalo é projectado contra a parede. Fica verdadeiramente assustado, percebendo que foi alvo de um atentado.

Diana, Julia e Vitoria discutem depois desta ir a casa de Nelson. Conta que estava tudo revirado e acha que Gonçalo descobriu o jogo duplo de Nelson. Júlia vai tentar perceber o que aconteceu junto de Gonçalo.

Na clínica, João reúne vários objectos para recolher sangue. Apreensivo tira o seu próprio sangue e coloca o frasco junto dos outros que irão para análise.

Júlia entra em casa e comenta com Gonçalo que viu um homem a vigiar a casa. Ele esclarece que é um dos seus e que o contratou para segurança dela.

Júlia quer Nelson como guarda-costas e Gonçalo tem de revelar que Nelson já não trabalha para ele. Júlia manda logo uma mensagem a Diana a contar.

Diana recebe a mensagem e conta a Rodrigo que Nelson já não trabalha mais para Gonçalo. Solene, Rodrigo acha que Nelson foi apanhado e que Gonçalo deu cabo dele. Diana recorda a relação amorosa entre Nelson e João.

Em casa, João a tentar ler um livro mas desata a chorar e não consegue concentrar-se. Lembra-se de quando ofereceu um relógio a Nelson e atira o livro contra a parede, desabando a chorar.

Adelaide pede a Carmo que lhe traga para casa o projecto filandês em que Vera e  Pedro estão a trabalhar, quer acompanhar de perto. Carmo hesita mas Adelaide consegue convencer a filha:

Luis chora ao ver uma fotografia antiga de uma menina. Leonor aproxima-se e quer saber quem é e também qual o motivo da zanga entre Luís e o avô. Luís não quer falar sobre o assunto e fala de forma brusca. Acabam por discutir e Vera chama a atenção de Luís, Leonor tem razão.

Diana e Rodrigo recebem João em casa deles e querem saber se ele sabe onde está Nelson. João revela que Nelson esteve em sua casam que estava ferido e que Gonçalo anda atrás dele. Conta também que descobriu que foi Nelson a mando de Gonçalo quem sabotou o gerador da clínica. Diana quer ir à polícia.

Na casa de chá, Vera e Marta conversam sobre bebés e Marta tem consciência de que o tratamento pode não funcionar mas prefere ser positiva. Vera pergunta por Gustavo e está tudo a correr bem na lua-de-mel. Também anda à procura da família biológica em Cabo Verde.

Luis mostra a Leonor a fotografia da sua irmã a Leonor e conta que eram inseparáveis. Um dia Luana caiu num poço enquanto ele tomava conta dela e acabou por morrer. Desde aí os pais culparam-no pela morte da irmã.

No bairro, Gonçalo caminha acompanhado por Clara e outros jornalistas e está a fazer campanha a uma nova creche que financiou. Clara faz perguntas sobre o incêndio na Somecel e ele fica irritado mas disfarça. Ao longe alguém observa Gonçalo, é Nelson. Antonio também comenta que a caridade de Gonçalo tem de certeza um interesse oculto.

Na rádio, Vitória está irritada por ter de noticiar as boas ações de Gonçalo. Rodrigo apanha Celso a sós e avisa-o para ter cuidado pois  Laura gosta de levar os namorados a viver com ela e depois despacha-os, num instante. Celso fica atrapalhado.

Diana fica zangada ao ver Gonçalo no bairro e avisa-o que vai descobrir a verdadeira motivação dele para ajudar as pessoas e vai denúnciá-lo. Desata a gritar aos jornalistas que ele não pão presta, o que deixa Gonçalo cheio de raiva.

Na casa de chá, Carmo e João falam sobre a doença de Adelaide quando João se corta e fica em pânico. Recusa a ajuda de Carmo e ela estranha a atitude dele. João observa que tem de fazer algo e isso implica prejudicar outra pessoa.

Vitória vai ao encontro do agente da PJ e mostra a fotografia de Nelson. Está preocupada com ele e não tem tido notícias. Faz o seu jogo de manipulação e o agente responde que se ela quer participar um desaparecimento, terá de fazê-lo pelas vias normais.

No parque da Somecel, Gonçalo faz uma chamada e é o seu segurança que vai buscar o carro. Quando o segurança entra no carro, há uma explosão e Gonçalo é projectado contra a parede. Fica verdadeiramente assustado, percebendo que foi alvo de um atentado.

Gonçalo sai para a rua, ainda atordoado pela explosão e faz uma chamada. Vemos Nelson escondido que fica furioso por não ter conseguido matar Gonçalo. Foge dali a correr.

Idalina ligou para o 112, depois de ouvir a explosão. Comunica que não sabe se há feridos. Gonçalo entra e Idalina pergunta se ele está bem. Gonçalo pede para ficar sozinho, está aterrorizado e sabe que escapou por pouco da morte.

Rodrigo e Diana falam sobre João e sentem pena dele por Nelson o ter prejudicado. Para apanhar Gonçalo pela morte de Márcio, Nelson teria de testemunhar.