“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 52 (28 de dezembro a 3 de janeiro)

Maria Rita confronta reprovadora Vera por ter tentado incriminar Artur para se livrar dele.

Luzia entra em casa e depara-se com Felisberta e Alípio atados e amordaçados no chão.

Vera defende-se a Henrique que Artur inventou tudo aquilo para a incriminar, questionando-o como arranjaria ela tanto dinheiro para meter no carro dele, deixando Henrique sem saber que pensar.

Felisberta e Alípio contam a Luzia que chegaram mais cedo e depararam-se com um ladrão na cozinha, mas este conseguiu surpreendê-los e fugiu.

Artur chega com Laura e Maria, e Felisberta abraçar de pronto a neta.

Vera admite a Mercedes que Artur a apanhou por ter tirado mal a pen do computador dele e agora a ameaçou de denunciá-la à polícia e tirar-lhe Maria.

Artur acaba de contar aos pais que Vera o andou a manipular este tempo todo, com todos a ficarem surpresos por Artur dizer que vai denunciá-la por obstrução à justiça.

Mercedes fica aflita por Nuno lhe contar que teve de neutralizar dois idosos que estavam em casa de Luzia, ficando aliviada por ele negar ter-lhes feito mal.

Mercedes diz a Nuno que o melhor é ele desaparecer por uns tempos e meter baixa na Cerâmicas para não se cruzar com Artur.

Todos comemoram no café o facto de Pompeu ter ficado rico com a herança do tio Honrado. Joca repara em Laurinda, dizendo a Barnabé terem de arranjar maneira de fazê-la confessar que foi a casa de Honório.

Celinha recebe chamada e fica atónita com o que lhe dizem sobre Pompeu.

Celinha conta a Suzy que Pompeu recebeu uma avultada herança e é agora um homem rico.

Felisberta insiste com Luzia terem de dizer a Mercedes para ter mão em Vera, por que o que ela fez a Artur foi muito feio, e Luzia promete falar com a irmã.

Felisberta repreende Alípio a achar que ele anda à procura de vinho na cozinha, mas cala-se por ele lhe mostrar o telemóvel que o ladrão lá deixou caído.

Mercedes fica em pânico por Nuno lhe dizer que perdeu o telemóvel em casa de Luzia, ordenando-lhe que resolva rapidamente esse problema.

Luzia e Artur concordam ser muito estranho ter ido um ladrão lá a casa quando toda a gente sabe que eles são pobres.

Laura recusa ficar a dormir no sofá, dizendo que se vai mudar para um hotel e todos a olham com estranheza.

Pompeu liga a David e pede-lhe para se encontrarem para falar sobre uma herança que recebeu.

Teodora avisa o filho para ter cuidado com Celinha, que não o vai largar quando souber que ele é rico.

Laurinda conversa já embriagada com Joca e Barnabé, e conta que é capaz de fazer o que for preciso por Henrique.

Maria Rita recebe chamada de Joca e fica em choque com o que ele lhe conta.

Maria Rita exige frontal a Henrique uma explicação para ele ter pedido a Laurinda para pôr um bilhete no quarto dela para que Honório a expulsasse de casa.

Henrique assume a Maria Rita que mandou Laurinda colocar o bilhete no quarto dela para fazer com que ela viesse viver consigo para Aveiro, salientando que se Honório gostasse verdadeiramente dela, não a expulsaria de casa.

Todos olham espantados para Felisberta e Alípio a dizer que só saem dali quando esclarecerem por que os Trindade de Sousa querem meter Artur na cadeia.

Mercedes vai a casa de Luzia e inventa querer falar com ela sobre Artur e olha em redor à procura do telemóvel de Nuno.

Maria Rita fala com Suzy do embuste de que foi alvo por Henrique para regressar a Aveiro, e apesar de não concordar com o que ele fez, isso veio provar que Honório não gosta assim tanto dela.

Pompeu perdoa Carolina por ter aceite a ajuda de Henrique, ela finge-se espantada por Pompeu lhe dizer que herdou uma herança e que está disponível a pagar todas as despesas das operações.

Joca revela à mãe que descobriu que foi Laurinda que escreveu o bilhete para incriminar Maria Rita e faz menção de sair para contar a verdade a Honório, mas Teodora impede-o dizendo que está na hora da missa e pede-lhe para ficar a tomar conta do café.