“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 86 (8 a 14 de fevereiro)

Afonso diz que pode ganhar muito se ficar do seu lado e Mercedes pergunta-lhe se descobriu alguma coisa nas câmaras de segurança. Artur repreende Pompeu por se ter envolvido com Carmo, avisando-o que Celinha vai fazer tudo como vingança.

David diz com ar tenso a Artur precisarem de falar.

Mercedes diz a Afonso ser plausível que Artur tenha ajudado Henrique a tramar Rodolfo, de modo a impedir que Vera fizesse queixa dele à polícia pelo rapto de Maria e apresta-se a ir confirmar a história.

Artur fica indignado por David lhe perguntar se ajudou Henrique a incriminar Rodolfo, por ter ido ao escritório de Rodolfo pouco antes dele ser detido.

David repreende Maria Rita quando a vê entrar por ela ter saído de casa sem lhe dizer nada.

Laura diz a Vera estar segura que semeou a discórdia entre Maria Rita e David ao deixar um soutien seu em casa dele.

Vera diz-lhe que precisa que ela os separe de vez.

Maria Rita diz ao namorado que se sente insegura e David assevera-lhe que as outras histórias fazem parte do passado.

Maria Rita amolece e David vai beijá-la quando Vera entra, ficando irritada por os ver juntos. Vera discute com Maria Rita, que agarra David a demonstrar-lhe ser com ela que ele está. Celinha confirma a Luzia que Pompeu tem mesmo um caso com Carmo.

Mercedes fica irritada por ver Celinha no seu gabinete, mas esta recorda-a que agora são sócias.

Luzia fica surpresa por Mercedes lhe dizer que Artur meteu-se em sarilhos e pode inclusivamente ir parar à prisão. Henrique queixa-se que Mercedes recusou a sua proposta de divórcio por causa de Afonso e que não aguenta mais que ele lhe esteja a destruir a vida. Henrique recebe mensagem e sai.

Mercedes diz a Luzia que a única maneira de conseguirem evitar que Artur vá preso é convencerem-no a colaborar e assumir que Henrique o chantageou para que o ajudasse a incriminar Rodolfo.

Luzia vinca que não vai pedir nada ao irmão por ter a certeza que ele está inocente.

Henrique repreende Artur por se ter deixado apanhar pelas câmaras a entrar no gabinete de Rodolfo, mas acaba por concluir que aquilo não significa que possam acusá-los de nada, começando de imediato a explicar a Artur o que ele tem de dizer quando o questionarem sobre o assunto.

Luzia ajuda Celinha a entrar em casa de Carmo.

Aldina pede a Afonso para parar com aquela guerra com Henrique, mas Afonso vinca que isso só vai acontecer quando conseguir provar que o irmão o tramou com a história da droga. Aldina assegura-lhe que Henrique não fez isso, mas Afonso vira-lhe costas.

Carmo entra radiante de felicidade das compras que fez com Pompeu, que se lastima do dinheiro que gastou.

Carmo relativiza e diz-lhe que ele tem de andar bem arranjado por agora ser um homem de negócios. Vera pede ajuda à mãe para separar David de Maria Rita, e ela anui ir arranjar uma solução.

Mercedes diz a Afonso já ter tratado de lançar o isco a Luzia, para que ela convença o irmão a confessar que ajudou Henrique para não ir preso.

David diz a Rodolfo já ter percebido que existe a hipótese dele estar inocente da morte de Jacinto e de estar preso por causa de Henrique. Rodolfo pede ao sobrinho que o ajude a sair dali.

Henrique diz a Mercedes e Afonso para não contarem com a hipótese de usarem Artur para provar que incriminou Rodolfo por ser muito fácil de provar que ele esteve tão-só a trabalhar nessa noite nas Cerâmicas.

Suzy conforta Artur  a dizer estar segura que o tribunal vai acabar por dar-lhe razão e Artur beija-a.

Celinha vê Carmo a elogiar o fato novo de Pompeu e beijam-se com intensidade. Celinha pega no telemóvel para os filmar, mas este começa a tocar, denunciando-a.