“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 80 (1 a 7 de fevereiro)

Pompeu aceita o pedido de desculpas de Carmo e combina encontrar-se com ela mais tarde para falarem. Luzia conta a Celinha a conversa que ouviu e Celinha indica que não tem outra hipótese senão pedir o divórcio. Maria Rita reza a pedir que a operação de Henrique corra bem. Diz a Joca que apesar de saber que Henrique a usou, sabe que ele é uma boa pessoa e que errou ao recusar-se a ajudá-lo.

Joca oferece-lhe um ramo de flores e ela deita a cabeça no ombro dele. David entra e fica incomodado com o que vê e comunica a Maria Rita que a operação de Henrique já acabou. Os Sousa abraçam-se aliviados por Fonseca dizer-lhes que tudo correu como previsto e em breve Henrique está de volta a casa. David passeia com Maria Rita e diz-lhe que espera que ela não se vá embora de Aveiro, e beijam-se apaixonados.

Vera observa a cena com Joca e fica furiosa com o que vê. Afonso insiste com Henrique para admitir que o tramou com a história da droga para que os pais o expulsassem de casa. Henrique nega, reiterando que tudo o que aconteceu foi por sua culpa. Pompeu confidencia à filha ter comprado uma casa nova para eles, Celinha entra e olha-os desconfiada.

Luzia assegura a Artur e Laura que Mercedes não volta mais para a casa deles e fica intrigada por não encontrar um envelope com dinheiro que tinha para pagar contas. Júlia e Aldina concordam que os próximos tempos não se afiguram fáceis, agora que Henrique vai voltar para casa e Afonso continua a insistir que ele o tramou com a história da droga.

Maria faz um bolo e diz a Marlene que um dia vai viver com Artur, Vera chega e não gosta do que ouve. Maria Rita confronta Henrique de querer expulsá-la da família e ele assegura-lhe que nunca se vai arrepender de a ter assumido como sua filha. Artur vai com Sandra visitar Maria e diz a Vera que podem cancelar o processo, se ela aceitar a guarda partilhada da filha, mas Vera recusa.

Sandra diz a Maria já ter arranjado um esquema com Alex para ela fugir de casa, dando-lhe um envelope com dinheiro. Maria Rita diz a David que esclareceu tudo com Henrique e que vai voltar para a mansão. Henrique assegura a João Maria não ter sido ele quem armou uma cilada a Afonso, sendo toda aquela história uma invenção do irmão.

Júlia fica incomodada por ver Maria Rita de regresso a casa, com esta a defender-se que foi Henrique que lhe pediu. Afonso anuncia a Henrique que está disposto a abdicar de ficar com metade da fábrica se ele assumir que foi ele que o tramou com a droga no passado. Afonso continua a desafiar Henrique a assumir perante a família que foi ele que o tramou e Henrique furioso vira-se contra o irmão para lhe bater, mas acaba por cair desamparado no chão.

Carmo desaba a chorar a queixar-se por não ter para onde ir, após Pompeu lhe dizer que quer avançar com a compra da casa. Pompeu conforta-a, quando Celinha entra e acusa o marido de a andar a trair. Júlia a sós com Henrique, pergunta-lhe se existe alguma hipótese de Afonso estar a falar a verdade, recordando os ciúmes que ele tinha do irmão por ser o filho preferido do pai.

As opiniões dividem-se entre os irmãos acerca do que aconteceu no passado entre Henrique e Afonso, com Vera e Maria Rita a defenderem que Henrique não teria nenhum interesse em prejudicar Afonso e João Maria e Constança a não estarem tão seguros da inocência do pai. Afonso diz a Maria Rita que nunca teve interesse nos negócios da família e vinca que só quer limpar a sua imagem, deixando Maria Rita sem saber que pensar.

Carmo tenta persuadir Pompeu a desistir da compra da casa e ambos começam a beber, para esquecerem os problemas.