"

Burocracia trama Pepê Rapazote na ‘aventura americana’

Pepê Rapazote, o ainda protagonista de “Bem-vindos a Beirais” da RTP1 perdeu a oportunidade de trabalhar nos Estados Unidos da América.

O ator deixou a novela/série da estação pública para viver o sonho americano, e foi mesmo convidado para fazer uma participação de seis episódios na última temporada de “Boardwalk Empire”, drama da HBO.

A produção americana, com a chancela do premiado cineasta Martin Scorsese contava com o ator português, mas o facto deste não ter conseguido obter o green card (licença de permanência que permite trabalhar e residir nos Estados Unidos) em tempo útil.

«Só tinha o visto de trabalho e os estúdios agora exigem o green card», lamentou Pepê Rapazote à Correio TV.

Não obstante a oportunidade não se ter efetivado, o ator considera que embora a situação tenha sido «terrível» e «frustrante», «é bom receber convites destes».

Com a carreira em Portugal voluntariamente congelada, Pepê mantém a intenção de investir numa carreira nos EUA. «Quero mesmo. Todos os anos vou lá picar o ponto e continuo a fazer castings e a gravar vídeos para enviar», explicou à revista do Correio da Manhã.

Esta é já a segunda tentativa do profissional de fazer carreira no estrangeiro e foram tomadas medidas. «“Troquei de agente, e este é francamente melhor. Apresentou-me os diretores de casting dos principais estúdios», revela.

Recorde-se que no ano passado, Pêpê Rapazote participou em dois episódios da elogiada série “No Limite” (“Shameless”, no original) que em Portugal é transmitida na RTP 2 e FOX.