"

Canal História estreia novos episódios de “Forjado no Fogo”

Forjado no Fogo

“Forjado no Fogo”, Canal História

O Canal História estreia em exclusivo todas terças-feiras de julho, pelas 22h15, novos episódios da sua série de sucesso, “Forjado no Fogo”.

Os melhores fabricantes de armas brancas do país competem para construir tudo desde machados de guerra Vikings a espadas de samurais ou punhais índios.

Haverá armas e concorrentes novos todas as semanas, e as criações serão sujeitas a provas extraordinárias.

Cada desafio centra-se no fabrico de um componente da arma. Avaliados por um painel de peritos em armas irrepreensível, a corrida para criar a arma escolhida de cada episódio é uma viagem pela história das armas com os limites de tempo dignos de uma “Missão Impossível” com um final explosivo.

Ramos Militares II: Força Aérea | Terça-feira, 7 de julho, pelas 22h15

Na segunda ronda da Batalha dos Ramos Militares, quatro aviadores da Força Aérea dos EUA têm de forjar um bolo, recorrendo à técnica san mai para ligar aço rico em carbono com peças de helicóptero. Dar forma a todo esse metal pouco cooperante irá requerer todo o engenho destes homens. Depois de rondas de meticulosa inspeção e duros testes, dois deles voltam para forjar a arma que simboliza o seu ramo: a espada NCO da Força Aérea.

Ramos Militares III: Fuzileiros | Terça-feira, 14 de julho, pelas 22h15

 Na terceira ronda da Batalha dos Ramos Militares, é pedido a quatro fuzileiros que forjem uma das mais versáteis e icónicas facas de combate de sempre: a KA-BAR. Num desafio adicionar, têm de se adaptar e superar-se, para ligar metais de uma âncora enorme recorrendo à técnica san mai. Após uma dura ronda de testes, os dois sobreviventes voltam para as suas fornalhas, para forjar uma arma crucial para a História: a espada oficial do Corpo de Fuzileiros.

Ramos Militares IV: Marinha| Terça-feira, dia 21 de julho, pelas 22h15

A quarta ronda da Batalha dos Ramos Militares avança com quatro oficiais navais a tentar forjar uma faca de mergulho multiusos n.º 3 com metal da corrente de uma âncora gigantesca. Os fracassos de laminação e caldeamento assolam alguns dos candidatos. Depois de uma ronda de testes particularmente difícil, dois dos marinheiros regressam a casa, para recriar a intrincada e icónica espada de oficial da Marinha.

O Ram-Dao| Terça-feira, dia 28 de julho, pelas 22h15

Quatro ferreiros são mandados para a gelada tundra para forjar um kukri com aço recolhido de um velho carro de limpeza da neve. Sem ferramentas elétricas, os concorrentes podem ter dificuldade em criar as suas lâminas apenas com ferramentas manuais e a temida fornalha a carvão. Após uma ronda exterior física e psicologicamente esgotante, um dos ferreiros é eliminado mesmo antes de chegar ao conforto da fornalha interior, onde um outro é eliminado após uma ronda de testes particularmente terrível. Os dois sobreviventes seguem para forjar uma enorme e intrincada espada sacrificial do sul da Ásia: o ram-dao.