"

«”Dancin’ Days” só ganha porque veio a reboque», Fernanda Serrano

Fernanda Serrano, protagonista de “Louco Amor” com a personagem de Violeta falou à edição deste Sábado do Correio da Manhã sobre o actual estado da ficção nacional da TVI e da concorrência.

Em relação a “Louco Amor” a atriz refere que «Foi um elenco que muito dificilmente se conseguirá repetir, com pessoas muito especiais. Um projeto muito feliz. Partilhámos momentos tão especiais que, às tantas, o trabalho passava para segundo plano».

Quanto à perda de espectadores da ficção da TVI e a liderança da SIC no ano passado em horário nobre, Fernanda Serrano é da opinião que «2012 foi um ano atípico. São ciclos. “Gabriela” e “Avenida Brasil” ajudaram a SIC. Mas já sabemos que as novelas da Globo deste ano não são assim tão fortes e as nossas serão. Voltará a ser um ano típico da TVI».

Quanto a “Dancin’ Days”, que batia “Louco Amor” nas últimas semanas de confronto direto e batia também a “Casa dos Segredos – Desafio Final”, a Violeta da novela da TVI acha que a história de Pedro Lopes tem sucesso «mas veio a reboque».

A ‘guerra’ entre “Dancin’ Days” e “Louco Amor” quando estavam no mesmo horário acabou por ser ganha, numa segunda fase, pela SIC. Porém, para a atriz o importante é que “Louco Amor” esteve «quatro meses na liderança. E “Dancin’ Days” já tinha estreado… mas pronto, é de mérito nosso. A mim compete-me interpretar textos, é o que faço, pelos vistos bem…».

Ainda ao Correio da Manhã, Fernanda Serrano «não concorda em nada» com a tese de perda de inovação da ficção da TVI e termina este assunto referindo que «em 15 anos, fizemos um belíssimo trabalho […] mas não nos podemos comparar com produções que têm dez vezes mais dinheiro num episódio, do que nós numa novela inteira».