"

“Duas Caras”: Resumo de 13 a 19 de abril

[tps_header]Resumo da novela “Duas Caras” de 13 a 19 de abril[/tps_header]

Capítulo 93

Sílvia tenta convencer Renato a aceitar a carona. Renato teme que Ezequiel não apareça para buscá-lo. Waterloo pede a Ezequiel para levá-lo à igreja. Ezequiel fica desconfiado e pede licença para poder pegar Renato na escola. Sílvia pergunta a Renato sobre seu pai e o deixa sensibilizado. Ferraço avisa Sílvia que Waterloo não conseguiu enrolar Ezequiel. Sílvia dá uma desculpa a Renato e vai embora antes que seja vista.

Juvenal se declara para Alzira. Renato diz a Ezequiel que não acredita que Maria Paula esteja se esforçando para encontrar seu pai. Evilásio avisa Juvenal sobre o começo da votação para o plebiscito. Solange se insinua para Evilásio. Júlia sente tonteiras e Duda a aconselha ir para casa. Júlia confirma a Gioconda que não tem como estar grávida. Barretinho diz a Sabrina que um dia ela ainda ficará com ele. Amara fica desconfiada ao ver João Batista chegar em casa com um terno novo. Condessa explica a Juvenal que Claudius irá cuidar do departamento jurídico da ONG e representá-la em reuniões. Claudius revela a Juvenal que não tem mais falado com Maria Paula. Ronildo avisa Waterloo que precisa resolver uns problemas na Portelinha.

Evilásio teme que Juvenal queira mudar o resultado do plebiscito. Dália flagra Ronildo entrando na Portelinha. Jojô fica histérico com a inauguração da casa de shows. Amélia quer saber onde Zé da Feira estava na hora em que o sufocador atacou. Dagmar ouve a conversa e fica desconfiado. Evilásio inicia a apuração. Jojô chama um artista para inaugurar o palco. Evilásio decide mostrar o resultado para Juvenal primeiro. Evilásio pede a Guigui para esperar do lado de fora. Ronildo se prepara para atacar. Evilásio revela a Juvenal que o povo votou a favor da fábrica.

Páginas: 1 2 3 4