"

Gravações de “A Herdeira” já arrancaram

A Herdeira TVI

A Herdeira

Arrancaram esta quarta-feira as gravações de “A Herdeira”, a nova novela da TVI que está a ser escrita por Maria João Mira e que tem Kelly Bailey, Loureço Ortigão, Pedro Barroso, Pedro Lamares e Rita Pereira como protagonistas.

“A Herdeira” conta a história de Luz é uma cigana de beleza invulgar, olhos claros e cabelo loiro. Luz foi raptada e abandonada quando criança e foi acolhida por  uma família cigana.

O pai é Ramon Fuentes, cigano de origem portuguesa que andou pelo mundo e, impedidos de entrar nos Estados Unidos, regressam a Portugal e são acolhidos por Miro Fuentes, patriarca do clã cigano do Minho.

Duarte Alvarenga é um homem incompleto. Fortuna, estatuto e uma família vista como exemplar não preenchem um vazio de vinte anos. A primeira mulher morreu em circunstâncias trágicas durante o parto e, meses depois, a filha bebé foi raptada. Duarte moveu mundos para encontrar a filha mas o tempo foi passando e a esperança esmoreceu.

Casou entretanto com Madalena Alvarenga, que sempre incansável o ajudou nas buscas e com quem teve mais dois filhos, Carlota Alvarenga e Pipo Alvarenga.

Quando o homem que foi condenado pelo rapto da bebé sai da cadeia, entrega a Duarte a foto de uma rapariga muito parecida com a sua primeira mulher e diz-lhe que a filha está viva.

Já em Portugal, Luz é perseguida pela ambiciosa Madalena e acaba por cair numa rede de tráfico humano, da qual consegue escapar. Descobre que foi Madalena quem ordenou o seu rapto e decide desmascará-la.

Introduz-se em casa da família Alvarenga, como dama de companhia de Maria do Carmo Alvarenga, a mãe de Duarte. Está longe de imaginar que aquela é a sua casa. E que aquela é a sua família.

Primeiro dia de gravações. #Aherdeira #tvi

A post shared by Pedro Hossi (@pedro.hossi) on

“A Herdeira” vai ter gravações ainda no México, que vão ser lideradas por Alexandra Lencastre. E ainda na Galiza e em Viana do Castelo onde se desenrola toda a história.

A estreia está marcada para setembro, substituindo “Ouro Verde” nas noites do quarto canal.