“Jogo Duplo”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 196 (20 a 26 de agosto)

Manuel mostra-se surpreendido com o pedido de demissão de Helena e considera-a uma peça fundamental, na empresa, neste momento decisivo.

Manuel pergunta se Helena sabe por que é que João foi preso e ela diz que não. Manuel pede-lhe investigue como é que a foto chegou à PJ.

Helena, aflitíssima, diz que não pode, mas Manuel não lhe dá hipótese e diz que aceita a demissão dela, contudo, terá de dar um pré-aviso de 30 dias. Vítor põe a brigada ao corrente da operação para deter Manuel.

Tiago pergunta de onde surgiu a informação e Vítor e Óscar garantem que é de fonte segura e Óscar pede a Tiago que confie.

Margarida visita João, na prisão e diz-lhe que Álvaro não está muito confiante que as coisas sejam fáceis e João desanima.

Margarida pede para João contar o que sabe, mas ele diz que é cedo e que Manuel tem de ser apanhado em flagrante, pois se ele for apanhado sem provas põe em risco a vida de muita gente.

Manuel sai do hotel, conduzindo o seu carro. Sem que ele se aperceba, é seguido por um carro da PJ. João conta a Margarida que o pai também está naquela prisão.

Margarida diz que assistiu a tudo, mas não percebeu o que motivou a discussão. João mente e diz que foi o álcool.

Clara pede a Amália e Leonor que não comentem com ninguém a história do noivado e da violação de Gabriela e ambas concordam.

Clara pede à filha que lhe arranje um casting e Leonor, pouco convencida, diz que vai tentar. Zé Lenka combina com outros presos dar uma tareia em Teodoro, para mostrar a João quem manda ali.

Tiago e Miguel chegam ao local onde a PJ vigia o local onde Manuel está e são informados que chegou um carro, com um tipo amarrado e com um saco na cabeça.

Dentro do armazém, Grushenka entrega Vlad, o traidor a Manuel e este começa a bater-lhe com um taco de basebol. Manuel pergunta a Vlad se havia mais alguém no negócio de tráfico e ele troca um olhar nervoso com Grushenka e Konstantin, deixando Manuel perceber.

Tiago e Miguel espreitam por uma fissura e introduzem, por aí, uma câmara.

Na sala da brigada, Óscar e Vítor acompanham tudo através de um monitor e mostram-se preocupados pelo facto do GOE ainda estar a cinco minutos do localDiana chega a casa e fica muito preocupada por não encontrar Óscar e liga-lhe. Óscar diz a Diana que que está na PJ e que não pode falar, desligando a chamada quando Joaquim avisa que o GOE está a chegar.

Manuel continua a bater em Vlad, perguntando quem, além dele estava envolvido.

Grushenka interrompe Manuel, pois desagrada-lhe que ele esteja a desconfiar deles e pede que acabe de vez com Vlad.

Manuel pede uma arma, mas nesse momento entra o GOE e detêm toda a gente, no entanto, Manuel diz a Tiago que voltarão a falar.