“Jogo Duplo”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 250 (29 de outubro a 4 de novembro)

Rosa acha que Teodoro devia contratar Renato para mudar a imagem do turismo rural dele. Teodoro contrata-o e pede uma bebida para comemorar, mas Ti Chico diz-lhe que não.

Afonso diz a Maria João que foi vê-la, pois preocupa-se com ela. Maria João diz que o casamento dela acabou e só quer salvar a empresa. Margarida entra e diz à mãe que Manuel quer matar Steven.

Susana observa os dois agentes da PSP junto à porta da casa dos Duque.  Leonor acha que a relação deles estagnou e quer ir viver com umas colegas para Lisboa, pois ali está longe de tudo.

Alexandre diz que vai viver com ela para Lisboa.  Clara está muito nervosa e Helena diz que não há razão para isso. Helena diz que tem de ir a casa de Margarida para decidirem onde é que os miúdos vão ficar.

Susana vê Helena sair de casa de Clara, entrar no seu carro e arrancar. Susana estranha, olha para a casa Duque que tem as luzes apagadas, enquanto na Clara estão todas acesas.  Leonor acha que em Lisboa iam continuar a ter o mesmo problema, pois mal se iriam ver.

Alexandre diz que quer perceber o que se passa e Leonor decide acabar com a conversa. Alexandre pergunta se o melhor é ir dormir a casa do pai e Leonor diz que não.  Tiago diz que têm de proteger Steven. Steven pergunta se a Susana é assim tão perigosa e Afonso diz que ela é capaz de tudo.

Rodrigo chega e pede a João para falar a sós com ele.  Rodrigo conta a João que Catarina foi contar a Miguel o que se passou quando ele foi parar ao hospital. João pergunta o que é que Catarina sabia e Rodrigo diz-lhe que ela sabia tudo.

Clara diz a Amália que tem de ter Teodoro de volta e que quer ajudá-lo a recuperar o turismo rural. Amália diz que vai embora para Lisboa e Clara diz-lhe que a sua está estagnada.

Susana vê as luzes da casa de Clara apagarem e envia uma mensagem.  Manuel recebe uma mensagem de Susana a perguntar “a miúda também?”. Manuel, pensativo, escreve a resposta. Susana recebe a mensagem de Manuel a dizer que sim. Susana fica pensativa e pergunta se pode antes matar Alexandre.

Manuel responde que pode ser qualquer um e sobe as escadas, irritado.  João está preocupado, pois não precisa de mais problemas com a PJ. Rodrigo diz que também é um problema dele e continua à espera que João faça alguma coisa.

Sandra não percebe como é que não prendem Manuel. Vítor e Helena chegam a casa de Margarida e Vítor repara em Rodrigo e pergunta a Tiago se a imprensa já sabe e este diz-lhe que não.

João diz a Vítor que está preocupado com a segurança do filho, pois ambos sabem do que Susana é capaz. João pergunta se a denúncia é fidedigna e Vítor diz que foi Cátia, que está feita refém.

Na PJ Joaquim diz que já tem a localização do IP que Cátia estava a utilizar e mostra um mapa da zona com a localização aproximada de dois armazéns abandonados. Óscar, Miguel, Euclides e Marques dirigem-se para lá. Leonor e Alexandre dormem e Susana na penumbra, observa-os com uma pistola com silenciador na mão.

Afonso questiona se os chineses que chegaram ao hotel serão amigos de Manuel.

Vítor entra e diz que Steven vai ser vigiado por agentes da PSP e João quer que Tiago ande sempre com ele. Vítor diz que estão perto de encontrar Cátia. Afonso volta a falar nos chineses e João pede-lhe para estar atento.  Emília está chateada por Tiago nunca mais chegar. Tiago liga e diz-lhe que está a trabalhar e não dorme em casa.

Emília quer saber o que se passa, mas Tiago não lhe diz e desliga. Óscar arromba a porta e entra com os restantes elementos da brigada e encontra Cátia com dores.

Cátia pergunta por Steven e Óscar diz que está protegido. Óscar diz que Cátia vai para o hospital.  João acha que Susana não vai tentar uma entrada à força e não vai arriscar um confronto com ele.

Tiago está desconfiado com a chegada dos chineses e João diz que vai pedir a Diogo para saber mais coisas sobre eles.  João liga a Diogo e este diz a Gabriela que tem de ir à receção verificar umas informações que João lhe pediu. Laura aproxima-se de Catarina e Sara e diz que quer expor crimes ambientais da Fénix no blog delas.

Catarina e Sara ficam desconfiadas e Laura entrega uns documentos para provar que está a falar verdade.  Diogo pergunta a Sílvia e Sérgio pelos chineses e os empregados confirmam que eles ainda não jogaram.

Bárbara entra e diz a Diogo que voltou para matar saudades dele e este fica atrapalhado. Sara e Catarina ficam interessadas nos documentos e Laura diz que pode arranjar mais.

Catarina pergunta o que é que Laura ganha com a denúncia e Laura confirma que está farta de trabalhar na Fénix e pede dinheiro pelas informações. Catarina faz acordo com ela.