"

Moniz orgulhoso com a ficção TVI: «A nossa evolução não é comparável com aquilo que a concorrência tem feito»

jose eduardo moniz

José Eduardo Moniz

A ficção da TVI ganhou novo fôlego desde que José Eduardo Moniz assumiu o dossier das telenovelas portuguesas. Consultor da ficção do quarto canal desde 2014, Moniz foi responsável por três dos maiores sucessos da teledramaturgia portuguesa dos últimos anos: “A Única Mulher”, “Ouro Verde” e recentemente “A Herdeira”.

A SIC já não consegue a liderança na ficção portuguesa de forma contínua desde 2015, altura em que terminou “Mar Salgado”.

À TV Guia, José Eduardo Moniz mostra-se satisfeito com o trabalho feito e por ter recuperado a liderança das audiências para a TVI.

«Orgulho-me de tudo o que fiz. Orgulho-me da qualidade dos produtos ficcionados e da inovação que temos apresentado», diz.

Questionado se o facto da TVI ter recuperado a preferência dos portugueses se deve à falta de estratégia da SIC, o responsável não tem dúvidas que «o mérito é da TVI»

«As audiências que temos hoje revelam bem o trabalho que tem sido feito. E novelas como “A Única Mulher”, “Ouro Verde” e “A Herdeira” mostram que a nossa evolução não é comparável com aquilo que a concorrência tem feito.»

José Eduardo foi ainda responsável pelas mexidas em “O Beijo do Escorpião” e pela sequela de “Jardins Proibidos” que foi a primeira novela da TVI, a bater a ficção da SIC, em 2000.