“Na Corda Bamba”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 178 (27 de abril a 3 de maio)

Malvina olha aflita para Conceição que lhe diz ter a certeza que foi ela que entregou Gabriel a Lúcia, tendo sempre sabido que ele era filho de Sara.

Conceição bate descontrolada em Malvina sem conseguir conceber que ela seja cúmplice de tamanha maldade, impondo que ela conte a Sara a verdade sobre ter entregue Gabriel a Lúcia.

Olívia entra disparada no Studio e diz a Joana que desfaz a sociedade com ela se não aceitar a sua imposição de despedir Marta.

Joana diz a Marta que infelizmente deixou de ser a única pessoa a decidir os destinos do Studio e que vai ter de a despedir, deixando Marta arrasada.

Na Casa Ferraz Nogueira, Gabriel imagina abalado teria sido a sua vida naquela casa, e questiona Carmo de como permitiu que Sara ficasse sem o filho.

Heitor faz frente a Lúcia por ela insistir em dizer que Rita é sua filha e não pertence aos Montenegro.

César entra e cumprimenta-os frio, seguindo de imediato para o quarto.

César diz a Lúcia que recebeu uma proposta muito tentadora para ir trabalhar uns meses para a Amazónia, e conta que já sabe que Pipo não era estéril. Carmo expressa a Gabriel todo o seu arrependimento do que fez.

Octávio chega nesse momento, sendo também confrontado por Gabriel, que o ameaça de lhe arruinar a reputação contando aos jornais o que ele fez há vinte anos atrás.

Lúcia critica César por confiar mais em Olívia no que nela, e assegura-lhe que Pipo era estéril, tendo sido por isso que nunca tiveram filhos biológicos.

Lúcia sai a dizer a César para pensar bem se quer continuar com ela e criarem o filho que espera dele juntos.

Gabriel vinca a Octávio que todos vão ficar a saber que ele e Carmo roubaram um bebé a uma mãe. Octávio pede aflito a Sara que faça Gabriel desistir dessa ideia por poderem ficar na miséria e incorrerem no risco de irem presos.

Carmo limita-se a dizer estar preparada para assumir as consequências dos seus atos, enquanto Sara refere que vai apoiar o que Gabriel decidir.

Edu e Isabel ficam intrigados por Leonor ainda não ter chegado a casa apesar da Papelaria já ter fechado.

Sérgio troça em descrédito com Enzo por ele continuar inconformado por ele ter dado o carro a Armando.  Sérgio olha sério para Leonor a insinuar que ele anda a esconder informações sobre a filha a Isabel.

O olhar de Gabriel carrega-se de ódio por Malvina lhe dizer que foi ela quem ficou incumbida por Octávio e Carmo de o levar para a Suécia.

Sérgio acaba por mostrar a Leonor a assinatura da enfermeira no livro do hospital, dizendo que pode estar ali a chave para descobrirem Glória.

Gabriel ouve em choque Malvina a contar-lhe que o entregou em bebé a Lúcia com a promessa de ela contar a Pipo que era pai biológico dele, algo que ela nunca fez.

Malvina relata de seguida que Octávio e Lúcia fizeram um acordo para o impedirem de descobrir que ele era filho de Sara.

Lúcia recusa-se a responder a Sara como ficou com Gabriel.

Sara insinua que foi ela quem matou Pipo para o impedir de contar-lhe que Gabriel era seu filho.

Lúcia irrita-se e revela a Sara que foi Pipo quem matou Nuno ali à porta de casa, tendo depois abandonado o corpo dele em Monsanto.

Sara conta a César que Gabriel é seu filho e de Pipo e que Lúcia escondeu isso toda a vida do falecido marido. Leonor conta a Isabel que confirmou que Sérgio lhe andava a esconder informações, mostrando-lhe a fotografia que tirou à assinatura da enfermeira Ofélia no livro do hospital.

Isabel relativiza aquela questão, ficando muito esperançosa em conseguir descobrir a filha. Lúcia tenta defender-se a César, que faz uma mochila para passar a noite fora.