"

«Não foi difícil convencer-me a aceitar este desafio», diz Nico

«Não foi difícil convencer-me a aceitar este desafio», diz Nico acerca do “A Tua Cara Não Me É Estranha 3”

Nicolau Breyner é uma das cabeças de cartaz de “A Tua Cara Não Me É Estranha 3”. Longe dos espetáculos há algum tempo, o ator tem vindo, nos últimos anos, a centrar-se na representação.

Quando surgiu o convite para o programa de imitações da TVI, Nico conta à TV7 Dias que disse o ‘sim’ prontamente.

«Não foi difícil convencer-me a aceitar este desafio. Foi uma conversa rápia com a Helena Forjaz, e pronto, cá estou eu. Aceitei este desafio por isso mesmo, para me desafiar. Gosto de arriscar», explica o Carlos de “Louco Amor” à revista da Impala.

A música não é novidade para Nicolau Breyner e até faz parte da sua vida: «Eu já cantei ópera há muito anos, quando fiz o Conservatório, mas, para meu bem, e da própria TVI, é melhor que não me calhe um Luciano Pavarotti. Seria um desastre total.»

O pai da telenovela portuguesa chegou a participar no “Festival da Canção” em 1968 para representar Portugal em Londres. Nesse ano, o ator perdeu para Carlos Mendes com a música ‘Verão’.

Recorde-se também que o ator foi uma das participações especiais de “A Tua Cara Não Me É Estranha” onde imitou Elvis Presley.

Radiante por regressar ao programa, o ator já se prepara para «fazer boa figura no programa.»