“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 21 (3 a 7 de agosto)

Duarte e Nazaré vão ser tutores de Alice.

Amélia quer que Gil se afaste de Ana.

Toni consegue tirar Vânia do Hotel.

Na Geliré, Duarte diz que podem perfeitamente ser os tutores legais de Alice, a única coisa que precisam é que Josué aceite. Nazaré não cabe em si de contente. Ficamos no abraço dos três.

No Hotel, Natália vai convidar o filho para irem lanchar juntos quando Rui lhe diz que não pode pois já tem coisas combinadas com Nazaré. Natália fica muito perturbada e desagradada com tanta proximidade.

No Lar, e depois de receber a notícia, Josué fica muito feliz e agradece a Duarte e Nazaré pois tem a certeza que vão cuidar muito bem de Alice. Duarte garante que, mal Josué recupere, Alice voltará para casa com ele. Duarte oferece um jantar na Quinta para comemorarem.

Toni fala com Sónia e pede-lhe, por favor, que o ajude a encontrar uma solução para tirar Vânia daquele quarto e fazer com que volte para casa. Sónia, depois de pensar um pouco, diz-lhe que só há uma coisa que faz a irmã sair seja de onde for- ratos. Ficamos em Toni pensativo.

Na Loja de surf, Gil oferece-se para ajudar Ana, mas esta não lhe dá muita corda. Gil insiste e convida-a para um copo, mas logo Sónia se mete na conversa e Ana acaba por recusar. Perante tanta nega, Gil pergunta a Ana quem foi o rapaz que a deixou assim, tão amargurada. Ana perde a cabeça e grita-lhe para que a deixe em paz.

Rui aguarda por Nazaré no bar do Hotel enquanto Nuno fala com Cris, na receção, e lhe diz que o peixe está a acabar e que não vão conseguir esperar por uma nova encomenda de Nazaré.

Amélia vai até à loja de surf visitar Ana. Ana, não muto simpática, pergunta-lhe se decidiu ficar na Nazaré para infernizar a vida de Nuno. Amélia nega e diz-lhe que se preocupa com ela. Ana admite repensar a relação das duas caso Amélia lhe prometa que deixa Gil e Nuno em paz.

Ermelinda e Floriano chegam à Quinta e pedem desculpa por terem entrado, mas a porta estava aberta. Duarte fica desagradado ao perceber que vem muita gente lá para casa para jantar.

Nazaré, da cozinha, percebe a reação de Duarte. Este diz, à mulher e à sogra, que o deviam ter consultado antes de pensarem em encher a casa de velhos. Todos petrificam com esta observação de Duarte. Ermelinda e Floriano vão-se embora, magoados.

Amélia vai ao Restaurante e Glória comenta com Ismael que, se calhar, vão ter de considerar ter pratos vegan. Gil entra da rua, esbaforido, e vai ter com Amélia perguntando como é que teve acesso ao seu contacto. Amélia propõe-lhe um trabalho como instrutor de surf, fora da Nazaré e longe de Ana. Gil fica ofendido, diz que não quer a sua ajuda, e muito menos vai permitir que o afaste de Ana.

Vânia dá na cabeça da irmã pois acha que esta andar a tomar anfetaminas. Sónia nega e diz à irmã que se vai permanecer com aquela atitude controladora, que se vai embora e não volta mais. Vânia sobe para o quarto e Sónia avisa Toni.

Vânia entra no quarto e fica em pânico ao ver um rato. Toni entra, de rompante, finge que luta com o rato, pega em Vânia ao colo e sai heroicamente com ela dizendo que vai levá-la de volta para casa.

Já no quarto, Nazaré e Duarte discutem e Nazaré diz-lhe que não consegue aceitar a forma como ele fala com as pessoas e os seus comportamentos desagradáveis que já se tornam recorrentes. Duarte volta a pedir-lhe desculpa e diz que já está a fazer terapia e que espera melhorar, muito em breve.

Natália dá com Rui na cozinha do Hotel, já tarde, e pergunta ao filho se ficou esse tempo todo com Nazaré. Rui confessa-lhe que Nazaré não apareceu e comenta que deve ter tido alguma coisa a ver com Duarte.

No Lar, todos comentam a atitude de Duarte quando Matilde lhes pede que não falem mais nisso. Ermelinda diz que têm de arranjar uma solução para angariar dinheiro e propõe jogos de cartas. Olívia e Matilde não querem pois isso é ilegal, mas os restantes acabam por concordar que é uma ótima ideia.

Júlia está no bar do Hotel e Natália junta-se a ela quando Júlia lhe diz, um pouco alheada de tudo, que pensa sair do hotel. Nuno chama Júlia, pede que não se vá embora do Hotel, e conta-lhe que já tem novidades sobre o desaparecimento de Roberto pois descobriram que o dinheiro que recebia era enviado a partir de uma conta offshore.

No Mercado, Ismael já não consegue assinar mais autógrafos. Dolores, revoltada, vai lá e tira-lhes as fotos dizendo que andam a comprar votos. Joaquim promete-lhe que se assim for, vão descobrir.

Amélia encontra-se com Adolfo e pede-lhe que vá arranjar um estore na casa que lhe alugou. Amélia pede também a Adolfo que, em troca de uma boa quantia, vigie Nuno. Adolfo aceita.