“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 78 (6 a 10 de janeiro)

Érica entrega a Luis o envelope como resultado do teste de paternidade.

Cortez aponta arma a Nazaré.

Duarte e Nazaré casam.

Cris diz a Joaquim que não viu nada suspeito nas camaras de vigilância. Joaquim pede-lhe que veja de novo enquanto atende uma chamada de Cortez que o ameaça dizendo que quer o seu ouro de volta se não quem vai pagar será Nazaré.

No Restaurante, Glória faz negócio com João e entrega-lhe uma barra de ouro para cobrir as suas dividas.

Matilde e Cláudia ajudam Nazaré a vestir o vestido de noiva. Matilde pede a filha que não a desiluda e Nazaré começa a entrar em pânico dizendo que não se pode casar com Duarte a viver uma mentira. Cláudia acalma a amiga.

Na casa Félix, já com tudo pronto, Verónica propõe um brinde enquanto Duarte tenta disfarçar o ódio que sente dela. Bernardo chega com Olivia para desagrado de Verónica.

Érica entrega a Luís o envelope com o sexo do bebé. Luís diz-lhe que não vai ver o resultado sozinho e que espera por ela para verem juntos.

Cortez vai ao Hotel e, aproveitando uma distração de Ana na receção, sobre para os quartos. Cortez entra no quarto, de arma em punho, mas não encontra Joaquim nem nada dele.

Os convidados começam a chegar e Félix aproxima-se de Cláudia e elogia-a dizendo que está muito bonita. Cláudia despreza Félix e pede-lhe distancia dizendo-lhe que ele lhe mete nojo.

No quarto de Duarte, Nazaré está pronta para descer as escadas e começar a cerimónia quando Cortez entra, com um passa montanhas a tapar a cara, e lhe aponta uma arma exigindo que chame Joaquim.

Laura conversa com Gonçalo sobre Joaquim. Ana ouve a conversa e diz aos pais que lá esteve um homem à procura dele, mas que o quarto de Joaquim está vazio e nem sinal dele.

Nazaré pede a Cortez que a deixe sair, é o dia do seu casamento. Cláudia bate a porta a perguntar o que se passa, mas Nazaré apressa-se a despachar a amiga. Cortez, ameaçador, ordena-lhe que chame Joaquim.

Verónica estranha a demora de Nazaré, mas Cláudia tranquiliza todos dizendo que a amiga vai descre dentro de momentos.

Laura entra, de rompante, para espanto de todos. Diz ter recebido uma chamada de Nazaré como se fosse para Joaquim e sobe ao encontro dela.

Nazaré está muito nervosa. Abre a porta a Laura e Cortez apressa-se a apontar a arma às duas. Laura vê-se obrigada a largar a sua arma enquanto Cortez arrasta Nazaré para fora do quarto de arma apontada à sua cabeça.

Cortez desce as escadas, toda a gente fica em pânico. Nazaré faz sinais a Duarte e consegue soltar-se com a ajuda do noivo. Laura sai a correr atrás de Cortez.

Nazaré pede a Duarte que a abrace. Está aterrorizada com a ideia de que não na iam deixar casar. Ele pergunta-lhe se quer adiar o casamento, mas Nazaré diz que nem pensar.

Depois do susto, Duarte e Nazaré conseguem casar. Félix vai buscar o champanhe para brindarem.

Toni chora, desolado, por causa do casamento de Nazaré. Vai procurar o ouro e fica em pânico quando percebe que despareceu. Pede justificações a Matias que lhe diz que teve de o devolver se não acabavam todos mortos. Glória, que ouve a conversa dos filhos, fica em pânico porque entregou uma das barras a João.