“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 31 (21 a 25 de outubro)

Verónica obrigada Tozé a escrever carta de despedida onde confessa ter morto António

Tozé morre enforcado

Gonçalo promete a Cris acabar tudo com Verónica

Félix dá dinheiro a Tozé. Diz-lhe para se encontrar com Heitor para receber as passagens e os documentos falsos. Bernardo aparece em na sala, de repente, e perante o que vê fica bastante desconfiado.

Na Quinta, Verónica queixa-se a Gonçalo que a sua vida está um caos. Gonçalo tenta evitá-la mas quando Verónica o beija rapidamente se deixa envolver. Ofegantes, dirigem-se para o quarto, onde são apanhados por Cris que estava a preparar uma surpresa para Érica. Cris fica em choque enquanto Verónica e Gonçalo lhe pedem que não conte nada.

Já em casa, Verónica diz a Félix que achava mais prudente garantirem que Heitor e Tozé deixam tudo resolvido. Félix desvaloriza e diz-lhe que vá ela.

Num barracão longe das atenções, Heitor encontra-se com Tozé. Heitor está prestes a sacar da arma para acabar com o assunto, mas Tozé apercebe-se e lutam. Verónica chega, aponta a arma a Tozé e diz-lhe que tem uma carta de despedida para escrever.

Duarte chega ao barracão e fica em choque ao ver Tozé enforcado. Mais tarde, Laura acaba por lhe entregar a carta de despedida de Tozé em que este “confessa” ter morto António.

Félix recebe telefonema de Laura a contar o desfecho de Heitor e os três (Félix, Verónica e Heitor) fazem um pacto de silencia sobre este assunto.

Nazaré está muito nervosa, acusa Verónica e diz-lhe que sabe que foram eles que mataram Tozé. Verónica diz-lhe que não tem provas e avisa-a para continuar a cumprir o acordo se não quem vai sofrer é Matilde.

Duarte fala com a família, pede desculpa ao tio. Diz que nunca devia ter duvidado dele, que Félix estava disposto a morrer por ele e pede-lhe que volte para a Atlântida. Verónica e Félix festejam o sucesso do seu plano.

Gonçalo fala com Cris e pede-lhe que não diga nada a Laura. Diz ao filho que ama a mulher e que Verónica o apanhou num momento de fragilidade. Cris acede mas diz ao pai para terminar o caso com Verónica e dedicar-se a fazer a mãe feliz.