“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 12 (23 a 29 de setembro)

Verónica acusa Cris de lhe roubar dois colares, mais tarde, percebe que foi Bernardo que os vendeu para ajudar a Caravana Solidária. Verónica fica furiosa e diz a Patrícia para se afastar do filho.

 Toni pede ajuda a Nazaré, quer esconder-se ali pois se for para casa põe a família em perigo. Nazaré acaba por ceder. Nazaré sai do quarto e disfarça o nervosismo perante Duarte.

Já no hotel, Joaquim vê anúncio da venda dos terrenos de Dolores e faz algumas perguntas a Ana. Diz que viveu em Espanha muitos anos mas que sentiu que agora era a altura certa para regressar ao seu país.

Cris quer falar do que se passou no incêndio, Gonçalo continua muito revoltado com o filho. Cris chora e diz que mais valia ter morrido do que ter de viver com este sofrimento. Num ato de revolta, Cris vai à caixa do hotel, tira dinheiro, e sai disparado.

Érica diz a Cris que tem que se manter forte e não pode consumir. Verónica entra na sala, vê Cris com muito dinheiro na mão e acusa-o de ter roubado dois colares de ouro que desapareceram.

Na Atlântida, Nazaré está ao telemóvel com Toni e diz-lhe que vai falar com Laura. Duarte chega, pergunta a Nazaré se teve notícias de Toni, esta nega mas Duarte fica desconfiado.

Rogério desabafa com Patrícia pois acha que deviam falar com os pais de Bernardo pela quantidade de dinheiro que ele deu à Caravana. Patrícia desvaloriza a conversa e, nesse momento, Sofia chega ao hotel dizendo que quer ajudar a Caravana e Rogério fica muito contente.

No mercado, Joaquim aproxima-se de Dolores, que não o reconhece, e compra-lhe todos os produtos que tem na banca.

Duarte diz a Félix que acha que Nazaré sabe onde está Toni. Intrigado, Félix diz a Heitor que siga a rapariga.

Nazaré a Laura seguem para casa de Nazaré. Têm a sensação de que estão a ser seguidas mas acabam por não ver Heitor, que está escondido.

Em casa dos Soares, Bárbara mostra à mãe as propostas que recebeu e a de Félix continua a ser a melhor. Luís pede à mãe que não venda os terrenos pois desconfia da boa vontade da irmã.

Verónica vai ao hotel e volta a acusar Cris de ter roubado as joias. Laura defende o filho e pergunta-lhe se tem provas. Gonçalo não está tão certo da inocência do filho.

Érica não gostou que a mãe acusasse Cris. Bernardo ouve a conversa e revela que foi ele que roubou e vendeu os colares, para ajudar a caravana solidária.

Duarte fala com Nazaré sobre Toni. Nazaré, para tentar fugir ao tema, diz que à noite vai levar a mãe ao baile. Duarte também quer ir e oferece-se para as ir buscar a casa.

Furiosa, Verónica vai confrontar Patrícia e acusa-a de se aproveitar da ingenuidade de Bernardo. Rogério tenta defender a colega, mas Verónica diz-lhes que terão que devolver o dinheiro e diz a Patrícia para se afastar do filho.

Sofia chega a casa e comunica à família que vai começar a fazer voluntariado. Heitor fica muito orgulhoso da mulher mas Carol e Pipo não acham muita graça.

Matilde já esta arranjada quando Duarte chega. Enquanto Matilde vai lá dentro chamar Nazaré, Duarte repara nos sapatos de Toni na sala.

Chegam ao baile, Nazaré está feliz por ver a mãe a divertir-se. Duarte rouba a chave de casa de Nazaré e sai.

Em casa de Nazaré, Toni está a tirar uma cerveja do frigorífico quando ouve alguém abrir a porta. É Duarte que acaba de comprovar que Nazaré lhe mentiu e escondeu Toni em sua casa.