“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 5 (9 a 15 de setembro)

Toni e Bárbara assistem ao beijo de Nazaré e Duarte e ficam furiosos.

Ismael é apanhado dentro da bilheteira por Ermelinda e Floriano, mas disfarça, deixando-os desconfiados. Já no lar contam aos restantes o que viram e Ismael ao ouvir vinga-se.

Érica fica a saber que o tio e o pai podem ter ficado com a serração de Dolores e do marido, sem nunca pagar por ela.

Nazaré e Duarte preparam-se para sair de barco para pescar. Ao vê-los, Bárbara entra sorrateiramente no barco e corta uns fios elétricos.

Depois da pesca, o casal prepara-se para voltar a terra contudo, o motor começa a arder e vêem-se obrigados a saltar para o mar.

Nazaré e Duarte beijam-se, alheados de tudo, quando Toni, furioso, avança e tenta agredir Duarte. Nazaré impede-o. Bárbara também está muito magoada e incrédula com o que viu.

Ismael aproveita a confusão para roubar o dinheiro da bilheteira, quando é interrompido pelo cão Duque, que ladra, obrigando Ismael a enxotá-lo. Ermelinda e Floriano estranham vê-lo ali, mas Ismael disfarça e diz que só estava a fugir da confusão.

Toni está muito revoltado e quer saber se Duarte a beijou à força, mas a rapariga nega, deixando-o ainda mais furioso. Nazaré quer saber se Toni estava a tentar roubar a bilheteira, mas ele nega.

Bárbara revoltada com Duarte pede justificações. Duarte diz que não têm compromisso nenhum, que não são namorados e que não lhe deve explicações.

Matilde tem a sua primeira sessão de radioterapia.

Bárbara recebe uma carta com o último aviso de dívida de crédito e fica angustiada.

No funeral de Rute, estão todos muito abatidos, sobretudo Verónica. Bernardo fala dos possíveis suspeitos da violação, deixando Félix desconfortável.

Nazaré insiste com Cláudia para saber quem é o homem com quem a amiga anda a sair, mas ela não lhe conta.

Patrícia e Rogério dão um cheque a Dolores, mas ela diz que não será suficiente para reerguer o negócio. Érica ouve e vai procurar Luís a casa. O jovem não gosta da visita e conta-lhe que Félix quis comprar as suas terras e que os Blanco nunca lhes pagaram pela venda da serração.

Félix tenta confortar Verónica, mas ela furiosa, diz-lhe que sabe que o marido esteve com a amante e que não quer que ele se finja preocupado, porque eles só estão juntos pelos filhos e pela empresa.

No lar, todos desconfiam de que foi Ismael que armou a confusão no concerto, para conseguir roubar a bilheteira e que, provavelmente, é também ele o responsável pelos desaparecimentos recorrentes que têm ocorrido no lar. Ismael ouve a conversa e decide vingar-se, roubando os comprimidos de Floriano.

Nazaré e Duarte combinam ir pescar nessa tarde. Quando se preparam para sair do porto, Bárbara vê-os irritada. Aproveitando um momento em que se afastam do barco, Bárbara entra e corta uns fios elétricos, na esperança de boicotar o passeio. No entanto, o plano falha e Duarte e Nazaré saem para o mar, deixando Bárbara furiosa.

Nazaré ensina Duarte a pescar, enquanto o rapaz lhe diz que gostou do beijo que deram na noite anterior, ela sorri. Quando se preparam para voltar a terra, o motor incendeia-se. Nazaré e Duarte não conseguem apagar o fogo. Duarte pede ajuda pelo rádio, mas não tem tempo de dar as coordenadas, porque o fogo está a alastrar-se rapidamente. De colete, assustados, saltam os dois para a água.