“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 65 (9 a 13 de dezembro)

Na Quinta, Verónica diz a Duarte e Nazaré que Félix teve de sair para ir à Atlântida pois entraram no seu computador através da empresa- Nazaré, em pânico, envia uma sms rápida a Joaquim a avisar que Félix está caminho.

No Mercado, Bernardo encontra Cláudia a passear com Fred (o sobrinho neto “inventado” de Ermelinda). Bernardo puxa Cláudia e pergunta-lhe se esteve envolvida com o seu pai. Cláudia confirma a Bernardo que esteve envolvida com Félix.

Na Atlântida, Sofia está em frente ao computador de Félix enquanto fala com Joaquim em alta voz. Joaquim avisa-a que recebeu sms de Nazaré e que Sofia tem de sair dali rápido.

Sofia quer aguardar até que a eliminação dos ficheiros fique completa, Joaquim está em tensão e com receio por ela.

Félix entra no gabinete, de rompante, e apanha Sofia. Esta tenta desculpar-se, mas Félix é agressivo e ameaça-a com Heitor e Sofia acaba por confessar que está ali a mando de Joaquim.

Félix está furioso por Sofia lhe ter apagado todos os documentos, Sofia chora e quer ir embora. Pede-lhe que não conte nada a Heitor e diz que só o fez porque Joaquim lhe pediu ajuda. Félix percebe que foi ela quem ajudou Joaquim, desde sempre.

Em casa dos Carvalho, Sofia fala com Joaquim, muito preocupada, porque Félix a apanhou e ela teve de denunciar Joaquim. Joaquim diz-lhe que não se preocupe, pois, será Nazaré a destruir Félix. Sofia está aterrorizada de medo que Heitor descubra o que se passou.

No Restaurante, Ermelinda desabafa com Glória e Matilde sobre a situação amorosa com Floriano. Diz que já não aguenta mais estar sempre a ter relações com o marido, mas que é incapaz de lhe dizer alguma coisa pois ele anda tão feliz e não consegue dar-lhe esse desgosto.

Na esplanada, enquanto bebem café, Ana conta a Érica que Verónica lhe disse que continua a andar com Gonçalo. Érica fica em choque e Ana diz-lhe que vai tirar essa história a limpo.

Na sala Félix, Verónica acompanha a conversa de Ana e do pai através do telemóvel clonado de Gonçalo. Gonçalo está incomodado com as mensagens trocadas com a filha. Não quer contar nada a Laura, mas pergunta a Ana quando vai voltar para casa.

Duarte vai até ao Hotel e convida o primo para sair. Bernardo não tem vontade, comenta com Bernardo a história de Félix e Cláudia e Duarte confirma que é verdade. Bernardo fica perturbado, quer ficar sozinho.

Bernardo desce à receção à espera de encontrar a carta que deixou para Laura mas, quando percebe, vê Laura com o envelope na mão.

Laura conta a Cris que o advogado ligou e o seu pedido para que Érica fizesse o exame foi rejeitado. Cris fica triste e revoltado. Em casa de Félix, Verónica descansa a filha e diz-lhe que Cris não a vai obrigar a nada e tenta perceber se o pai do bebé for Luís se a filha lhe entrega o bebé à mesma, Érica diz que o acordo se mantém.

Laura está a conversar com Bernardo e curiosa pelo facto de Bernardo ter a carta de suicídio de Tozé. Bernardo, muito nervoso, diz que andou a fazer a sua própria investigação e rasga a carta.

Na receção do Hotel, Verónica, dissimulada, vai ter com Gonçalo e diz que quer falar da situação de Cris e Érica. Mal se apercebe da aproximação de Ana, espeta um beijo a Gonçalo e faz-se de vítima para que Ana não acredite no pai.