“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 179 (22 a 26 de junho)

CLÁUDIA CONFESSA A NAZARÉ QUE FOI BÁRBARA QUEM MATOU FÉLIX  

Nazaré é raptada e levada para uma casa abandonada. Na sua tentativa de fuga, encontra a amiga Cláudia numa cama de hospital e ligada a uma série de máquinas. Sempre com medo de voltar a ser apanhada pelo seu raptor, Nazaré tenta falar com Cláudia, mas em vão. A pescadora é obrigada a fugir porque é descoberta e fica sob a ameaça de levar um tiro.

De volta a casa, Nazaré pede a Toni e a Duarte que voltem com ela ao local para irem buscar Cláudia mas, quando lá chegam, a enfermeira já não está lá.

Nazaré não descansa até conseguir encontrar a amiga (através da médica que lhe presta assistência) e de a levar para o hospital.

No hospital, e depois de falar com o Dr. Murilo, Nazaré chega-se à cama da amiga e promete-lhe que vai descobrir o que lhe aconteceu e que vai vingá-la. Cláudia desperta, nesse momento, e diz a Nazaré que sabe quem matou Félix, foi Bárbara. Nazaré fica em choque enquanto a amiga lhe relata o que aconteceu e lhe diz que tem provas …

Bárbara, desconhecendo a presença de Nazaré, vai até ao Hospital para averiguar o estado de Cláudia e, quando está prestes a entrar no quarto ouve a confissão da enfermeira. Ficamos no pânico de Bárbara

JOAQUIM ENGANA ISABEL E SALVA O MERCADO

Joaquim propõe a Isabel um acordo dizendo que quer ajudá-la a ficar com o Mercado, agora que já conseguiu ficar com o Lar. Isabel desconfia, mas Joaquim conta-lhe do seu passado enquanto falsificador e, promete que se ela lhe pagar bem, ninguém notará que as assinaturas dos vendedores são falsas. Isabel acaba por ceder.

Joaquim vai ter com Isabel ao Lar e entrega-lhe o contrato assinado. Isabel chama um notário que lhe valida o mesmo e, sorridente, paga e agradece a Joaquim. Durante este processo vemos que Joaquim mexe no telemóvel, mas não percebemos o que faz.

Mais tarde, os vendedores chamam Isabel ao Restaurante e esta entra gloriosa empunhado o contrato. É aí que surge Joaquim mostrando a gravação. Isabel sente-se enganada e percebe que só tem uma solução, ou desiste do Mercado, ou vai parar à cadeia.

Na reabertura do Mercado, todos festejam e agradecem a Joaquim o que fez pela terra e pelas suas gentes. O Mercado é dos vendedores e assim deverá permanecer!

SOFIA MATA HEITOR

Matias e Toni, já desconfiados das mentiras de Sofia, decidem ir a sua casa e confrontá-la. Sofia tenta fazer com que se vão embora, mas Toni entra, de rompante, à procura de Carol. Isto surge Heitor, apontando uma arma à cabeça da filha. Grande tensão.

Heitor diz que vai sair dali com a sua família a bem ou a mal e que os irmãos deviam ir-se embora antes que as coisas comecem a correr mal. Sofia, em pânico, pede a Heitor que deixe Carol e diz-lhe que vai com ele. Heitor quer levar a filha e a mulher, mas Sofia é assertiva e diz-lhe que a única forma de a ter de volta, é deixar ficar Carol para trás.

Fora de si, Heitor sai com Sofia de arma em punho.

Sofia conduz, com a arma apontada à cabeça. Matias e Nuno seguem atrás deles, tentando não ser vistos.

Sofia está tão nervosa que acaba por desviar o carro da estrada contra uma árvore. Heitor puxa-a para fora do carro e obriga-a a caminhar pelo mato.

Nuno e Matias seguem atrás deles. Matias, de repente, vê Heitor a arrastar Sofia. Tenta não fazer barulho, mas Heitor acaba por o ver.

Heitor ameaça-o e ordena-lhe que se vá embora ou Sofia morre. Sofia, num movimento rápido, solta-se de Heitor e começam os dois a lutar. A arma de Heitor cai ao chão, os dois debatem-se para a apanhar. Sofia consegue levantar-se e empurra, com todas as suas forças, Heitor.

Heitor fica inanimado enquanto Matias e Sofia ficam na dúvida se está morto ou não. Mais tarde percebemos que Heitor acabou por morrer.