“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 142 (13 a 17 de abril)

Heitor empurra Luís que perfura o braço e fica inconsciente.

Toni visita Nazaré na prisão.

Bárbara convicta de que estava grávida mas o teste dá negativo.

Heitor vai ter com Verónica e pede-lhe que o despeça e que comece a pagar-lhe por fora porque quer mostrar a sofia que está um homem diferente e que á não trabalha para Verónica. A vilã acede ao pedido, mas exige a Heitor que, a partir de agora, esteja 100% disponível sempre que ela necessitar dos seus serviços.

Joaquim fala com Luís e conta-lhe o plano que ele e Duarte têm andado a traçar no sentido de fazer Verónica confessar os seus crimes para ilibar Nazaré. Joaquim pede a ajuda de Luís para conseguir a arma com que Verónica o baleou e Luís acede.

Matilde visita a filha na prisão e entrega-lhe uma carta de Toni. Nazaré lê a carta, muito emocionada, e pede à mãe que, caso fique presa, não desista de fazer a sua vida e perseguir a sua felicidade.

Em casa dos Carvalho, Heitor chega e conta a Sofia que foi despedido pois não aceitou fazer mais um trabalho sujo para Verónica. Sofia não dá tréguas e entrega a Heitor os papéis do divórcio.

Luís chega a casa de Verónica e diz que foi apenas buscar umas coisas de Yara. Verónica, com desprezo, aponta-lhe o quarto e deixa-o seguir, sem ligar grande importância. Luís sobe as escadas e precipita-se para o quarto de Verónica a esperança de encontrar a arma. Verónica apanha-o e percebe que Luís esconde a arma com que baleou Joaquim. Luís empurra Verónica e consegue fugir. Verónica liga a Heitor de imediato a dizer-lhe para ir atrás de Luís e recuperar a arma seja de que maneira for.

Luís chega a casa e entrega a arma a Joaquim que se apressa a esconde-la quando tocam à campainha. Luís abre a porta e Heitor entra encapuzado fazendo frente aos dois para conseguir recuperar a arma. Luís, empurrado por Heitor, cai e perfura o braço direito com um instrumento da lareira.

Érica chega nesse momento a casa, sendo quase derrubada por Heitor, quando se depara com Luís inanimado a perder sangue. Érica, em pânico, liga para o 112 enquanto Joaquim chora desesperado dizendo que a culpa é dele.

Mais tarde, Dolores fica a saber do plano de Joaquim e nem quer que este a acompanhe ate ao hospital para ver Luís. Dolores está magoada e não perdoa Joaquim por ter posto em risco a vida do filho.

Nazaré vai até à sala de visitas da prisão quando vê Toni à sua espera. Toni pediu ao diretor da prisão para a visitar e pede-lhe que acredite que não foi ele que matou Félix. O jovem diz-lhe que vão arranjar maneira de sair dali os dois.

Prata fica surpreendido quando Laura lhe dá a notícia de que vai desistir da PJ. Laura diz ao inspetor que muita coisa mudou e que agora é altura de se dedicar à família e ao Hotel. Ana, que escuta a conversa da mãe, comenta com o irmão e ambos confrontam Laura para que lhes explique esta decisão. Gonçalo assiste a tudo sabendo que a culpa é sua, mas Laura pede-lhe que se aguente pelo bem-estar da família.

Érica e Joaquim vai ao encontro de Verónica confrontá-la com o que fez. Verónica faz-se de sonsa e Érica ameaça a mãe que se continuar a magoar as pessoas que ela ama, a vai proibir de ver a neta.

Na Quinta, Bárbara chama Duarte e diz-lhe que já começou a fazer o enxoval. Pede ao marido que já buscar o teste para que vejam o resultado juntos. Duarte acede, mas o teste dá negativo. Na desilusão de Bárbara.