“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 136 (6 a 10 de abril)

Bárbara faz chamada para Nazaré a dizer que Duarte teve um acidente.

Nazaré sai de casa com a pulseira colocada.

Prata apanha Nazaré no Mercado e diz-lhe que está detida.

No Mercado, Toni entrega o dinheiro das vendas a Mike, que o conta ali desconfiado. Do outro lado, Dolores está ansiosa porque não consegue falar com Luís, acha que perderam o concurso e que o filho não sabe como lhe dar a notícia.

Bernardo e Érica vão ao encontro de Laura, no Hotel, e dizem-lhe que Félix não morreu e que Verónica está a ir ao encontro dele. Os irmãos pedem ajuda a Laura para saber se Verónica pediu o apoio da polícia.

Laura liga a Prata, que lhe diz que não sabe de nada e que a Verónica não pediu o apoio da polícia. Bernardo diz que só há uma razão pela qual Verónica não ligou à polícia e, quando Laura lhe pergunta qual a razão, Érica diz ao irmão que não fale mais.

Na casa Félix, Verónica, nervosa, repreende Bernardo por ter falado com Laura. Érica defende o irmão e diz que Bernardo estava apenas preocupado. Bernardo tenta explicar à mãe que agora que a polícia está informada, e como tem mais meios que eles, vai investigar e encontrar Félix.

De volta à Atlântida, Verónica encontra Nuno à sua espera. Nuno pede desculpa por não ter ido ter com ela. Verónica olha Nuno com raiva e diz-lhe que já sabe do pacto que este fez com Duarte e manda-o sair dizendo que nunca mais o quer ver. Nuno explica que tinha muitas dúvidas em relação a ela, no início, mas quando se começaram a conhecer tudo isso se alterou e começou a pensar que talvez Duarte não estivesse a dizer a verdade. Verónica não confia mais em Nuno.

No Lar, os amigos aproveitam o dia de folga de Ivana para traçar um plano que salve o bebé das mãos da auxiliar. Desconfiam que por estar de folga, será essa noite que Ivana tentará levar o bebé e estão todos determinados a impedir que tal aconteça.

Toni vai ter a casa de Nazaré e entrega-lhe um ramo de flores e uma caixa dos seus chocolates preferidos. Em tom de brincadeira, oferece-lhe também umas algemas e diz que é para que ela faça dele seu prisioneiro. Nazaré está muito nervosa com o julgamento, Toni tenta acalmá-la e dizer que vai tudo correr bem.

O advogado Leonardo vai ter à Quinta com Duarte e diz-lhe que o julgamento de Nazaré está agendado para daí a 2 dias. Duarte fica ansioso e pressionado com o pouco tempo que tem, diz não ser suficiente para reunir as provas necessárias. Bárbara assiste à reação de Duarte desagradada.

Heitor diz a Verónica que agora que soube que a polícia está envolvida, não quer ter mais nada a ver com a situação. Prata chega e Verónica recebe-o insistindo em desvalorizar toda a situação e aconselhando o inspetor a ocupar-se a investigar Nazaré.

Nazaré está a fazer limpezas quando recebe uma chamada não identificada de alguém que lhe diz, com a voz distorcida, que Duarte teve um acidente e que está muito mal no Mercado.

Nazaré está muito tensa com a chamada enquanto que vemos que Bárbara, que lhe ligou, de ri gloriosa por ter conseguido enganar a rival.

Nazaré liga para Matilde, sem sucesso. A jovem tenta tirar a pulseira, mas não consegue, está muito ansiosa e sem saber o que fazer. Nazaré sai de casa a correr, com a pulseira posta.

No Mercado, Dolores vê Nazaré a entrar disparada e manda-a regressar a casa imediatamente. Nazaré, firme, diz que não vai a lado nenhum até saber se Duarte está bem.

Na Quinta, Laura e Duarte falam sobre a possibilidade de Félix estar vivo quando esta recebe uma chamada a dizer que o alarme da pulseira de Nazaré disparou. Na aflição de ambos e na felicidade de Bárbara.

De volta ao Mercado, Dolores e Matias tenta acalmar Nazaré dizendo que se tivesse acontecido alguma coisa já se sabia. No meio desta confusão, chega a PSP. Nazaré esconde-se atrás de uma banca e consegue, depois, escapar para o restaurante. Prata certifica-se que o sinal da pulseira vem do Mercado e ordena que se revisto tudo.

Enquanto isto, Duarte e Toni seguem ao encontro de Nazaré quando Toni é mandado parar pela polícia por seguir em excesso de velocidade. Duarte prontifica-se a pagar a multa, para que possam seguir caminho, quando se apercebe que Toni tem outra multa que remete ao dia do acidente de Félix e Cláudia e no mesmo local onde se deu o acidente. Duarte fica confuso.

Matias e Glória ajudam Nazaré a tentar escapar. Quando estão prestes a sair, Prata apanha a jovem. Nazaré tenta justificar-se dizendo que recebeu um telefonema a dizer que Duarte tinha tido um acidente, mas de nada serve. Duarte confronta Toni com a multa, mas Toni consegue escapar à conversa.