“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 116 (2 a 6 de março)

Bárbara sente-se atraiçoada pela família e diz que nunca mais os quer ver.

Duarte fica em choque quando sabe que Nazaré se entregou à polícia.

Toni visita Nazaré na prisão e pede-lhe que tenha cuidado.

Em casa dos Soares, Nazaré diz que não quer continuar a fugir enquanto Prata a detém. Matilde suplica ao inspetor que não leve a filha, mas em vão. Em Joaquim derrotado por não ter conseguido proteger a filha.

No Mercado, Luís mostra-se revoltado por Nazaré se ter entregue enquanto Dolores diz que até percebe a sua decisão. Bárbara está incrédula com toda a situação, não acredita que a família andava a ajudar Nazaré e diz-lhes que não quer ter mais nada a ver com eles pois traíram a sua confiança.

Duarte está em casa e olha uma fotografia de Nazaré. Quando Bárbara chega, o jovem apressa-se a esconder a fotografia. Bárbara conta-lhe, com uma certa felicidade, que Nazaré se entregou às autoridades. Duarte, em choque, pergunta-lhe porquê e a mulher diz-lhe que se está tão preocupado pode ir visitá-la à prisão.

Na Atlântida, Verónica oferece um livro ao filho e pede-lhe desculpa pelo que se passou com Olivia, mas diz que não pede desculpa à jovem pois acha que Bernardo merece muito melhor. Verónica, aproveitando a proximidade do filho, aproveita e mostra-lhe as fotografias que Mike tirou de Cris e Olívia muito perto conseguindo perturbar Bernardo.

Matilde está em pânico com a ideia de que Nazaré possa ir a julgamento. Joaquim olha-a e diz que não vai desistir até encontrar provas que ilibem a filha.

Nazaré entra na sua cela tentado manter um ar sério e forte. Quando se vê sozinha e ali fechada, a jovem desaba a chorar.

Joaquim vai até ao Hotel com um pedido de auxílio a Laura. Laura diz-lhe que já não tem acesso nenhum a processos, mas Joaquim diz-lhe que consegue arranjar forma, através de uns conhecimentos, de lhe devolver esse acesso.

Bernardo vai ter com Olívia ao Lar e confronta-a com a fotografia dela e de Cris abraçados. Olívia diz ao namorado que Cris apenas a estava a confortar após uma discussão acesa com Verónica. A jovem confessa ao namorado que não lhe disse nada pois não o queria destabilizar ainda mais com o mau estar entre ela e Verónica.

Noutra ponta do Lar, Ismael fica incomodado quando Joaquim o aborda na tentativa de perceber o que se passou no dia da morte de Félix. Acusando a pressão de Joaquim, Ismael acaba por contar que Cláudia saiu do Lar juntamente com Félix a dizer que iam resolver tudo.

Bernardo procura Prata para saber se há avanços relativamente ao processo do acidente de Félix e Cláudia. O inspetor diz-lhe que o Ministério Público, para reabrir o processo, precisa de pelo menos uma testemunha.

Matilde confessa a João que nunca esperou que Joaquim se transformasse no pai dedicado que tem sido. João concorda que ele tem dado tudo pela filha. Matilde desaba, ansiosa, e diz a João que não estava preparada para isto agora. João conforta-a e garante-lhe que não a deixará sozinha.

Toni visita Nazaré na prisão. Está visivelmente abalado e Nazaré até lhe diz que parece que é ele que está preso. Toni alerta-a para as ameaças que Verónica e Félix lhe fizeram quando esteve preso e pede-lhe que tenha cuidado pois tem medo que algo de mal lhe aconteça.

Duarte faz um esforço para resolver as coisas com Bárbara, mas ela não lhe facilita a vida. Duarte diz à mulher que é com ela que quer estar, mas que ou Bárbara resolve as suas inseguranças ou será complicado.