“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 101 (3 a 7 de fevereiro)

Nazaré quer impedir Verónica de fazer mal a Duarte.

Verónica manda pagar as imagens das câmaras de vigilância.

Mike tenta pegar fogo ao Pomar de Duarte mas é impedido por Nazaré.

Matias, intrigado, mostra a Glória o batom que encontrou perdido em casa. Glória fica tensa mas disfarçada. Toni aproveita e comenta que na noite anterior, quando chegou a casa, encontrou a mãe vestida e acordada. Toni e Matias ficam desconfiados.

Na casa Gomes, Matilde diz a Nazaré que tem de parar de perseguir Duarte ou, qualquer dia, é apanhada. Da última vez só se safou graças a Toni. Nazaré conta à mãe que ouviu Verónica dizer que vai atrás de Duarte e ela vai ter de fazer alguma coisa para impedir que isso aconteça.

Verónica fica muito revoltada por Érica e Cris terem ido registar a bebé sem a sua presença e exige que a filha escolha outro nome para a neta. Érica, assertiva, diz à mãe que o nome está escolhido e o assunto encerrado.

Na Atlântida, Nuno estranha ver a cadeira do gabinete da presidência fora do lugar. Vai verificar as câmaras de vigilância, mas não repara que não há registos. Quando Nuno está a pedir à secretária Maria as imagens da noite anterior, Verónica chega e diz que não é preciso pedir nada pois foi ela que lá esteve.

No Hotel, Ana fala com os pais sobre a ideia dela e de Pipo de se fazerem as sessões de apoio às vítimas de violência doméstica ali no hotel. Laura e Gonçalo acham uma ótima ideia. Ana desabafa com Laura sobre a sua preocupação com a extrema magreza de Pipo.

Já em casa dos Carvalho, Pipo diz à mãe que vai preparar o almoço, mas Sofia quer voltar a ser ela a tomar conta dos filhos e não o contrário. Matias aparece com um cesto de boas-vindas para oferecer a Sofia e ela convida-o para almoçar.

Nuno volta a insistir com Verónica sobre a noite anterior, mas Verónica acaba rapidamente com a conversa voltando a frisar que foi ela que lá esteve. Mike aparece, para se encontrar com Verónica, sob o olhar desconfiado de Nuno. Já no gabinete, Verónica avisa Mike, mais uma vez, que não o quer a aparecer ali. Ele diz-lhe que precisa de contratar mais uma pessoa, mas Verónica não dá permissão. Verónica dispensa Mike e atende uma chamada da prisão.

Estão todos a almoçar em casa dos Carvalho enquanto Sofia agradece o apoio da família e dos amigos. Pipo, sem que ninguém note, cospe o almoço para o guardanapo, mas Ana vê. No final do almoço, Ana confronta Pipo com a comida no guardanapo. Ele pede que não conte nada a sofia pois a mãe acabou de sair do hospital e ainda está debilitada.

Heitor fala com Verónica e pede-lhe ajuda ameaçando de que a podia ter denunciado e que não o fez. Verónica diz-lhe que não é assim tão fácil tirar alguém da prisão mas Heitor, sem meias medidas, diz-lhe que a cada dia que passa pondera cada vez mais abrir a boca e contar a verdade.

No Lar, João e Floriano já estão fartos que Ismael os esteja a empatar e querem ir à sua vida. Quando finalmente o despacham, Ermelinda vem dos quartos com um bebé nos braços.

Vemos Mike a chegar ao Pomar de Duarte usando um passa montanhas. Nazaré está a segui-lo.

Na sala da quinta, Duarte está tenso com as más previsões em relação ao Pomar e pergunta a Bárbara se se importa de adiarem a lua de mele até o assunto estar resolvido. Bárbara acede, ainda que triste.

Mike acende um cigarro e faz um monte de folhas com acendalhas no topo. Antes que tenha hipótese de atear fogo, é surpreendido por Nazaré, que o ataca, saltando-lhe para cima, enrolando-se ambos no chão à luta. O cigarro cai ao chão, aceso. Nazaré consegue libertar-se de Mike, e levanta-se conseguindo correr para um trator ali estacionado e buzina para chamar a atenção. Duarte, Bárbara e Bernardo ouvem a buzina e ficam alerta. Duarte ordena que fechem tudo e se deixem estar os dois em casa enquanto ele vai perceber o que se passa.

Nazaré luta com Mike para conseguir impedi-lo de pegar fogo ao Pomar mas, quando ouve a voz de Duarte, paralisa. Mike aproveita a oportunidade para fugir dali para fora. Duarte vê Nazaré (ainda que não saiba que é ela) e corre para ela, empurrando-a e acabando por cair em cima dela.

Duarte, sem lhe ver a cara, pergunta quem é que está por trás deste plano mas Nazaré mantém-se calada. Quando consegue libertar-se, Nazaré foge enquanto Duarte apaga o cigarro e retoma a casa.

Bernardo e Bárbara estão em pânico quando Duarte entra a dizer que tentaram pegar fogo ao Pomar. Volta a sair atrás do tipo que fugiu.

Na Atlântida, Nuno percebe que Verónica pediu as imagens da noite anterior pois vê a secretária levar-lhe uma pen com as mesmas. Tenta também ele pedir as imagens mas é-lhe dito que não há copias e que Verónica deu ordem para se apagarem as imagens.

Mike vai ter com Verónica e conta que foi atacado e que não conseguiu seguir com o plano de atear fogo ao Pomar. Verónica, furiosa, atira com a pen para longe.