"

«”Ouro Verde” é uma novela que se atreve a fazer coisas que dantes não existiam», afirma Moniz

Ouro Verde

Ouro Verde

Depois de “A Única Mulher” e “A Impostora”, José Eduardo Moniz foca todas as atenções para “Ouro Verde” que tem estreia marcada para o próximo domingo, dia 8 de janeiro.

O responsável pela ficção da TVI lança largos elogios à trama e a toda a equipa que está por detrás dela.

«É uma novela que se atreve a fazer coisas que dantes não existiam, tem muita coisa inovadora; tem maneiras peculiares e diferentes de abordar temas que são muito atuais, tem visões particulares daquilo que são os dramas humanos, é uma novela elaborada, muito cuidada do ponto de vista de escrita e que, obviamente, vai exigir da parte da realização e de todas as outras componentes técnicas cuidados muito especiais», afirma à TV7 Dias.

Protagonizada por Diogo Morgado, Joana de Verona e Ana Sofia Martins, “Ouro Verde” promete uma história de amor, mas também uma grande vingança. Diogo será Zé Maria e Jorge Monforte e o seu grande amor é Bia, protagonizada por Joana de Verona. Ana Sofia será Vera Andrade uma chef de cozinha completamente apaixonada por Jorge.

«A estrutura da novela vai-se dividir entre dois tempos e a relação entre estes dois tipos também», afirma Diogo Morgado.