“Quer o Destino”: Rita engravida de Marcos! Saiba como vai reagir o vilão

"

Em breve em “Quer o Destino”, vai haver um salto temporal. Marcos é preso depois de ter morto a mulher Carla. Rita fica gravida do vilão e decide fugir para a Suiça. No entanto, a engenheira decide regressar a Portugal com a filha nos braços e confronta Marcos com a situação.

A revista Maria teve acesso a toda a cena. Sabia com o tudo se vai passar:

Rita começa a suspeitar que está à espera de bebé e resolve fazer um teste. Quando vê que dá positivo, fica em choque e telefona ao pai.

– Vai ser avô, diz-lhe, enquanto anda pela sala, nervosa.

Sem contar nada a Marcos, que entretanto foi preso pelo homicídio de Carla (Ana Sofia Martins), ela decide levar a gravidez avante, sozinha, e viaja para a Suíça, onde, meses mais tarde, dá à luz uma menina, Maria Teresa, e que pretende usar para receber parte da herança dos Santa Cruz.

Já com a filha nos braços, Rita regressa a Portugal e decide pedir ajuda ao pai. Faz uma videochamada e conta-lhe que está com dificuldades financeiras, mas o pai frisa que já lhe deu um milhão de euros.

– Gastou-se. Os serviços médicos na Suíça são muito caros. E, de certeza, que não estava à espera que fosse ter a sua neta aí no Belize…, afirma a engenheira.

– Estava à espera que tivesses mais cabeça. Um milhão de euros é muito dinheiro. Também tenho despesas, não vou dar-te mais. E, da próxima vez que me ligares, começa por me mostrar a minha neta, afirma o pai, Fernando (Sérgio Silva).

A engenheira, furiosa, desliga a chamada e começa a pensar em formas de obter dinheiro. Pega na filha de forma carinhosa e diz:

– Não se preocupe, a mãe vai resolver tudo.

Rita resolve, então, ir visitar Marcos à prisão. O Santa Cruz fica surpreendido ao ver a antiga amante e pergunta-lhe:

– Ao fim de um ano, bateram-te as saudades? Sentiste-te culpada por me teres abandonado? Falhaste-me no pior momento da minha vida. Nunca me senti tão sozinho, completamente abandonado!

– Também eu, e o mundo não gira à tua volta. Não foi só a tua vida que mudou. A minha vida, felizmente, mudou para melhor. Fui mãe, afirma a engenheira, deixando Marcos abismado e mostrando-lhe uma fotografia da menina:

– É linda e querida. Dorme bem, ri muito… Não sai a ti, mas é a tua filha Maria Teresa.

Marcos olha para a fotografia da menina e tenta desvalorizar a situação.

– Deve ser… não faço ideia. Uma fotografia não diz nada. Achavas que vinhas aqui, dizias que fui pai e que eu acreditava? Se isso fosse verdade, não te tinhas contido este tempo todo, diz, acrescentando ainda:

– Os meus filhos são o Diogo e a Pilar. Essa criança, por muito bonita que seja, pode ser minha filha, do Álvaro ou de outro gajo qualquer. A tua vida sexual sempre foi movimentada… Na volta, até do Lucas…

Rita fica desapontada com a reação do Santa Cruz.

– A Maria Teresa é tua filha, mas podes ficar descansado. Vamos fazer o teste de paternidade.

Marcos pergunta-lhe que ela pretende e a engenheira assume:

– O que é justo. Uma generosa pensão de alimentos. Não posso arcar sozinha com as despesas.

O vilão acusa-a de ela só pensar em dinheiro:

– Que eu saiba, só tenho dois filhos, por isso, orienta-te. E, se queres saber, acho que arranjaste este estratagema para sacar dinheiro.

Ofendida, Rita responde:

– És tão porco, tão nojento… Não quero nada para mim, mas o que é da minha filha, tem paciência, não vou abdicar. E isso inclui dinheiro, o teu apelido e uma vida confortável a tomar conta dela, já que tu não podes. Estás preso, não é?

Rita esboça um sorriso forçado e sai. Já o filho de Catarina (Maria José Paschoal) fica pensativo a olhar para a fotografia.

Com informações revista Maria

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *