"

RTP lança pacote de apoio à produção independente audiovisual

logo RTP

RTP

Tendo presente os efeitos da conjuntura excecional que vivemos na indústria audiovisual e em especial na produção independente, a RTP reforça o seu papel,  lançando um pacote de iniciativas com impacto imediato, para apoio aos agentes e profissionais do setor.

Em comunicado, a estação explica que estas medidas representam um esforço adicional à prática de investimento acima das obrigações legais que a RTP vem realizando nos últimos anos e aplicam-se aos vários géneros e formatos de produção independente: cinema, telefilmes, ficção, documentários, contemplando também as artes performativas, música, teatro e dança.

Principais medidas e iniciativas a lançar de imediato:

·         Manutenção de centenas de contratos de colaboradores e prestadores de serviço nas mais variadas áreas relacionadas com conteúdos: apoio a programas, conceção de formatos, trabalhos de pesquisa, guionistas, comentadores, apresentadores, responsáveis por rubricas, etc.

·         Antecipação dos prazos de pagamento para liquidação a pronto nas várias produções já entregues ou para entrega a curto prazo.

·         Melhoria das condições de pagamento para projetos de cinema, ficção e documentários já aprovados em consultas de conteúdos e que irão passar à produção: adiantamento de 25% no início de produção, 25% no final da produção e 50% com entrega final. Na música e artes performativas os adiantamentos poderão chegar até 50%.

·         Reforço de investimento nas próximas semanas para aquisição de conteúdos de stock de produtoras independentes e direitos de interpretações de artes performativas, para exibição nos canais e antenas RTP, incluindo nas plataformas digitais.

·         Lançamento de um ciclo de concertos via Web, a trabalhar e negociar com os artistas/agentes, para exibição nas plataformas digitais da RTP.

·         Realização de nova edição da consulta de conteúdos já em abril, para apresentação de projetos pelos produtores.

·         Particular ênfase, durante todo o ano, na programação de conteúdos de produção nacional nos canais, antenas e plataformas digitais.

A RTP irá contactar desde já as associações representativas do setor e os produtores independentes, no sentido destas iniciativas entrarem em execução imediata, traduzindo-se assim num apoio concreto à indústria audiovisual nacional.

Estas iniciativas poderão vir a ser estendidas, dependendo da evolução do setor e da situação económica geral e da RTP.

O empenho institucional da RTP neste pacote de mobilização da produção nacional, irá mobilizar as direções de conteúdos de todos os canais, antenas e plataformas digitais do serviço público.